A Importância de Ser António de Macedo, um espetáculo de Miguel Bonneville, estreia no CCB nos dias 21 e 22 de dezembro.

António de Macedo nasceu em Lisboa em 1931. Cineasta português, foi um dos realizadores mais ativos do Novo Cinema, tendo explorado as técnicas do cinema direto. É também autor de filmes de longa-metragem, de curta-metragem e de séries de televisão. Tem-se dedicado inteiramente à escrita, desde que abandonou a atividade de realizador em 1996 por se sentir marginalizado.

Com a co-produção do Teatro de Vestido, do Centro Cultural de Belém (CCB) e do Festival Temps d’Images,A Importância de Ser António de Macedo deve-se principalmente ao impacto que um artista de 82 anos, lentamente esquecido, provocou” no artista, “trespassando lancinantemente” os 50 anos que os separam.

“Atravessando quatro décadas, António de Macedo presenteia-nos com uma obra experimental de indubitável originalidade.” Bonneville (cujo trabalho se pode encontrar aqui) pretende “homenagear o realizador e contribuir para a firmação da história da arte contemporânea portuguesa”.

Com duração de uma hora, este espetáculo decorre a partir das 19h no dia 21 e a partir das 17 horas no dia 22 de dezembro, tendo os bilhetes o preço de oito euros.