winnie, 53
Winnie the Pooh, 53 anos, é pedreiro

‘Eu sou Winnie, the Pooh’: racismo, intolerância e preconceito

Benjamin Béchet, famoso fotógrafo francês, escolheu Roma como cenário para Eu sou Winnie, the Pooh, ensaio fotográfico que tem como personagens principais as pessoas que, na sociedade, são os maiores alvos de intolerância e preconceito.

Desde pedreiros a vendedores de rosas, estas pessoas estão habituadas a ser olhadas de lado pelos que passam na rua ou, na maioria dos casos, a nem serem olhadas de todo.

Benjamin Béchet decidiu dar-lhes destaque e, para Eu sou Winnie, the Pooh, vestiu-as todas de super-heróis ou personagens de contos infantis, criando assim o choque de realidades entre o reconhecimento e o anonimato.

Para este trabalho, o fotógrafo escolheu as ruas da cidade de Roma para ser o seu cenário, afirmando que, atualmente, é um terreno fértil de intolerância e violência.

Confere aqui as fotos e vê o que achas:

Winnie the Pooh, 53 anos,  é pedreiro
Winnie the Pooh, 53 anos, é pedreiro
Batman, 33 anos, trabalha numa bomba de gasolina
Batman, 33 anos, trabalha numa bomba de gasolina
Branca de Neve, 31 anos, é prostituta
Branca de Neve, 31 anos, é prostituta
Donald, 51 anos, é vendedor de rosas
Donald, 51 anos, é vendedor de rosas
Pateta, 54 anos, é vendedor ambulante
Pateta, 54 anos, é vendedor ambulante
Hello Kitty, 42 anos, é empregada doméstica
Hello Kitty, 42 anos, é empregada doméstica
Homem-Aranha, 36 anos, limpa para-brisas
Homem-Aranha, 36 anos, limpa para-brisas
Hulk, 44 anos, é músico de rua
Hulk, 44 anos, é músico de rua
Mickey, 48 anos, é sem-abrigo
Mickey, 48 anos, é sem-abrigo
Minnie, 41 anos, faz limpeza de prédios
Minnie, 41 anos, faz limpeza de prédios