Na gala de expulsão desta semana da Casa dos Segredos 4, João  foi o concorrente escolhido para abandonar o programa, com 58% dos votos dos portugueses. Os outros nomeados, Bruno Joana obtiveram 33% e 9%, respetivamente.

Depois da namorada ter sido expulsa na gala passada, desta vez foi a vez de João.  Recorde-se que o jovem de Matosinhos escondia o segredo “Sou o infiltrado da Voz”.  Para além da expulsão de João, houve ainda uma nomeação.

Os concorrentes votaram de forma anónima e, depois de Diogo ter aberto a urna e ter contabilizados os votos, a mais nomeada pelas colegas foi Débora. A gala ficou ainda marcada por outros momentos especiais: a máquina da verdade, a cadeira dos choques elétricos e a presença dos ex-concorrentes do Big Brother Vip.

Tiago foi o concorrente a ser posto à prova pela máquina da verdade, tendo sido chamado pela Voz à sala de controlo. Nesse local, foi posto à prova através da máquina da verdade e respondeu às questões que lhe foram colocadas. O polígrafo avaliou se o concorrente ama verdadeiramente a Bernardina.

Rúben protagonizou uma das cenas mais engraçadas da noite. No confessionário, teve que responder a perguntas sobre o Brasil. Se o concorrente errasse uma resposta, os colegas que estivessem sentado na cadeira da sala sofriam uma consequência: um choque elétrico. 

Já os ex-concorrentes do Big Brother VIP estiveram no confessionário a nomearos residentes da Casa dos Segredos, não para expulsão, mas apenas por diversão. Para Francisco Macau, Carolina Salgado, Liliana Queirós, Tino de Rans e Zezé Camarinha o mais preguiçoso na Casa é o Tiago. Para a Carla Baía é a Débora.