O assassinato de Kennedy em 1963 marcou profundamente o rumo da história e política, mas também o pensamento norte-americano do século XX. No dia em que se relembra esta efeméride, o Espalha Factos reúne as grandes peças cinematográficas e televisivas sobre a vida (e morte) de um dos presidentes norte-americanos mais adorados de sempre.

Os três tiros disparados em Dallas, Texas, a 22 de novembro de 1963 deixaram um legado importante no cinema e televisão que se prolonga até aos nossos dias. Juntamos aqui alguns dos retratos mais mediáticos e recentes sobre a vida, a presidência, a morte e as teorias conspiratórias sobre os acontecimentos que vitimaram John F. Kennedy, 35º presidente dos Estados Unidos.

1 – Parkland (2013)

parkland-image06

Do realizador Peter Landsman, o primeiro filme que consta nesta lista estreou-se esta semana em Portugal e cria uma narrativa factual e ficcional em volta dos acontecimentos de 22 de novembro de 1963. Parkland (nome do hospital para onde foi levado o presidente) conta a história do ponto de vista de vários anónimos envolvidos, desde médicos e enfermeiras, agentes de segurança, Zapruder, e a família daquele que foi apontado como assassino, Lee Harvey Oswald.  No elenco estão nomes como Zac Efron, Tom Welling e Billy Bob Thornton, Paul Giamatti. aqui a crítica.

 

2 – Killing Kennedy (2013)

1382040607_killing-kennedy-article

 

Uma produção também deste ano, desta vez na televisão, que estreou em novembro na National Geographic. Do realizador Nelson McCormick, o telefilme conta os anos de presidência de Kennedy (Rob Lowe) e a vivência do homem perturbado a quem foi atribuído o assassínio (Will Rothhaar). As duas histórias são opostas mas paralelas e cruzam-se nos momentos decisivos, desde os dramas familiares de ambos os homens até ao dia dos funerais.

3 – The Kennedys (2011)

*Jan 01 - 00:00*05_Flatbed_WEB

É a família norte-americana mais mediática, polémica e adorada de todos os tempos. Os Kennedys estiveram quase sempre presentes na cena política dos Estados Unidos desde 1947. O History Channel revela os detalhes e os momentos privados de uma casa que viria a mudar o mundo, desde o fim da II Guerra Mundial até aos acontecimentos consequentes à morte à morte de Kennedy. Nestes oito episódios, alguns nomes como Greg Kinnear, Barry Pepper e Katie Holmes desmistificam o clã, contando a vida de alguns dos principais momentos de Kennedy na presidência e os trágicos acontecimentos que a interromperam.

4 – Thirteen Days (2000)

thirteen_days

A chamada crise dos mísseis de Cuba, em 1962, terá sido o momento mais crítico da Guerra Fria, e sem dúvida, o período mais conturbado da governação de Kennedy. O filme de Roger Donaldson conta com a participação de Kevin Costner, Bruce Greenwood e Shawn Driscoll e é uma dramatização da crise nuclear iminente no início dos anos 60.

5 – Four Days in November (1964)

MV5BOTM0NjgwMjQzN15BMl5BanBnXkFtZTcwMzk3MDQyMQ@@._V1_SX214_

Documentário de Mel Stuart, feito ainda no rescaldo dos assassinato de Kennedy, constitui uma das primeiras coleções essenciais de dados reunidos mediaticamente pela primeira vez: o material exclusivo da cobertura da rádio e televisão oficial de Dallas e novos filmes registados da viagem de carro que se tornou mortal para o presidente.

6 – A President to Remember (2011)

Mais do que a morte de Kennedy, o documentário da HBO, realizado por Robert Drew, revela vídeos e imagens raras da sua vida familiar privada, desde os dias de campanha eleitoral anteriores a 1961, a governação de momentos conturbados e, claro está, a sua morte.

7 – Infamous Assassinations: the Assassination of JFK (2007)

O programa televisivo da BBC dedicou um episódio ao assassínio de Kennedy, com realização de Jonathan Martin e Nicolas Wright. Muito fatual, mostra-nos a perspetiva de Zapruder e conta a história de um presidente que viajou até ao Texas já a pensar nas eleições de 1964 e num segundo mandato. A visita arriscada ao terreno em que o presidente insistiu e acabou da pior forma, num Estado marcado pelos registos de violência, os mais altos do país na década de 60.

8 – Rush to Judgment (1967)

Um longo filme de Emile de Antonio que se baseia na obra de Mark Lane, advogado norte-americano que reuniu vários depoimentos dos primeiros anos de investigação da morte de Kennedy num livro. O filme contém essencialmente imagens e declarações exclusivas de alguns dos principais intervenientes no caso, a destacar os de Lee Harvey Oswald,  Jack Ruby (que matou Oswald dois dias depois de JFK), Abraham Zapruder e o chefe da polícia de Dallas, Jesse Curry.

9 – JFK: The Lost Bullet (2011)

46193_jfkthelostbullet-dl-mg_3helvsuegikueqieijvysdazhtncurxrbvj6lwuht2ya6mzmafma_400x225

Mais um documentário da National Geographic, inovador por trazer as invenções tecnológicas e de edição de imagem que entretanto se foram registando nos meios audiovisuais, de forma a aprimorar a qualidade das imagens recolhidas a 22 de novembro de 1963.  O narrador diz-nos que as sequências reunidas e tratadas pelo realizador David Konschnikcomparadas com as imagens sombrias a que estamos habituados, estas novas sequências são incrivelmente claras“. A alta-definição das imagens, especialmente do filme Zapruder, vem trazer novas descobertas e novos detalhes antes desconhecidos.

10 – JFK (1991)

JFK

Oliver Stone realizou no início dos anos 90 aquele que é talvez o mais popular e polémico de todos os filmes e documentários que se debruçaram sobre este fatídico acontecimento. É neste thriller que as maiores teorias da conspiração se formam, com o suposto envolvimento e consentimento de políticos norte-americanos do homicídio e a “Magic Bullet Theory”, que comprovaria a existência de uma quarta bala. Stone foi criticado por manipular factos históricos comprovados, mas até o realizador hoje declara acreditar que Lee Harvey Oswald não agiu sozinho – e por isso se “recusa a ver” versões que a que chama de “simplistas” dos eventos, como retratadas no documentário Killing Kennedy. JFK venceu dois Oscars da Academia e um Globo de Ouro.