Começa, no dia 8 de novembro, a iniciativa de Teatro Avulso no Teatro Nacional D. Maria II e prolonga-se até dia 15 de dezembro com diversos grupos de norte a sul do país a apresentarem as suas mais recentes produções na sala estúdio do monumento nacional.

O primeiro espetáculo desta mostra, a ser apresentado entre 8 e 10 de novembro, revisita o Sermão de Santo António aos Peixes do Padre António Vieira e O Aquário de Karl Valentin.

Sermão aos peixes é um espectáculo do Trigo Limpo Teatro ACERT encenado por Pompeu José, o qual partilha o trabalho dramatúrgico com Raquel Costa.

Proferido em 1654 pelo Padre António Vieira, este é um Sermão que mantém ainda toda a sua atualidade. Neste espetáculo, um casal de sem-abrigos dá voz ao texto do Sermão. Principalmente ele, uma vez que de cada vez que ela tenta falar é impossibilitada de o fazer. O casal acorda frente ao público e paralelamente ao ritual diário, mínimo no caso deles, vai proferindo as palavras do Sermão, como se da sua verdade se tratasse. De exemplo em exemplo desferem a sua raiva e encontram as razões da sua miséria. Ironizam sobre a sua situação através da situação atual de toda a humanidade.

Até 15 de dezembro são diversos os grupos a apresentarem as produções na sala estúdio do Teatro Nacional D. Maria II.