Um dos pioneiros do Rock, vocalista e guitarrista dos extintos The Velvet Underground, tinha 71 anos de idade.O Rock fica hoje mais pobre. Lou Reed, cantor, guitarrista e compositor, faleceu hoje com 71 anos de idade, segundo avança a revista norte americana Rolling Stone.

As causas da morte são, até ao momento, desconhecidas. O cantor foi submetido a uma cirurgia no passado mês de maio para um transplante de fígado e a recuperação, apesar de lenta, estava a ser favorável.

Famoso sobretudo pelo tema intemporal Walk on The Wild Side, lançado a solo em 1972, Lewis Allan Reed, nome completo do cantor, começou a sua carreira na década de 60, altura em que formava, juntamente com John Cale, os The Velvet Underground. Em 1967, com a ajuda de Andy Warhol na produção do álbum, lançam The Velvet Underground & Nico, aclamado como um dos pináculos dos anos 60, no que à música diz respeito.

velvet-underground-the-50f1817d8c5e1

A formação dos The Velvet Underground, juntamente com Nico, uma “imposição” de Andy Warhol, produtor e financiador.

Em 1970, abandona a banda que ajudou a formar e ruma ao Reino Unido, onde apenas dois anos mais tarde lança o seu primeiro trabalho a solo. Transformer, produzido por David Bowie, um dos seus discípulos, consolida a fama de Lou Reed a uma escala global. É justamente neste álbum que estão presentes os temas Walk on The Wild Side e Perfect Day.

A expressão “sexo, drogas e rock & roll” assenta que uma luva em Lou Reed. Durante os anos 70, viveu ao extremo, sobretudo no que ao consumo de bebidas alcoólicas e de estupefacientes diz respeito. Somente na década seguinte começou a moderar o seu estilo de vida.

Depois de uma pausa na carreira durante os anos 90, lançou um último trabalho em 2011, de nome Lulu, resultado de um dueto com a banda californiana Metallica.

 

 

(em atualização)