O Espalha-Factos terminou. Sabe mais aqui.
Fan Made Indiana Jones

História do “fan movie” de Indiana Jones vai para o grande ecrã

Dois grandes amigos começaram a trabalhar neste filme com 12 anos de idade, e a sua história já foi alvo de um livro e, em breve, passará para o grande ecrã. É considerado o melhor filme de todos os tempos feito por fãs e tem como título Raiders of the Lost Ark: The Adaptation.

Os Salteadores da Arca Perdida é o filme que apresentou ao mundo o arqueólogo aventureiro Indiana Jones (interpretado por Harrison Ford) e que se tornou num dos maiores sucessos de bilheteira do cinema americano e do seu realizador, Steven Spielberg. Lançado em 1981, o filme continua a ser um dos mais populares e referenciados de toda a Sétima Arte, e foi uma fonte de inspiração para dois rapazes que decidiram fazer uma adaptação integral do filme, cena por cena, plano por plano.

Enquanto que o original custou cerca de 18 milhões de dólares, para a execução do remake apenas foram gastos cerca de cinco mil. Com poucos meios, mas com o auxílio de uma grande imaginação, Chris Strompolos e Eric Zala decidiram por mãos à obra, começando o trabalho em 1982. Só acabaram o filme sete anos depois, em 1989.

Se, no princípio, o fan movie de Strompolos e Zala foi apenas visto pelos familiares e por amigos próximos dos dois jovens aprendizes cinéfilos, foi preciso esperar até 2002 para o filme ser descoberto pelo grande público, graças ao produtor Eli Roth que, após ter visionado a fita, fez com que ela começasse a andar nas bocas do mundo cinéfilo. Com várias exibições um pouco por toda a América do Norte, Raiders of the Lost Ark: The Adaptation tornou-se um grande sucesso de culto que perdura até à atualidade.

Quem também ficou fã da adaptação amadora de Indiana Jones foi o próprio Steven Spielberg, que elogiou a “grande conquista” alcançada pelos dois jovens, numa carta a eles endereçada, antes de os conhecer pessoalmente.

Em 2004, os direitos deste ambicioso remake foram vendidos (o que permitiu uma maior circulação e popularidade do mesmo) e, no ano passado, saiu o livro Raiders! The History of the Greatest Fan Film Ever Made, que conta a história da produção do filme e de todas as dificuldades que o projeto trouxe aos jovens cineastas. Da autoria de Alan Eisenstock, o livro inspirou Jeremy Coon, produtor do filme Napoleon Dynamite e da série televisiva homónima, a querer levar ao grande ecrã toda a complicada história de bastidores que envolveu este remake. Resta apenas, segundo o próprio, que Steven Spielberg e George Lucas aceitem a produção do filme.

Depois de muitos anos de expetativa, parece que é desta que a história do fan movie mais famoso de todos os tempos vai ser objeto de um filme próprio.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.