Com um espírito cativante, acolhedor e completamente refrescante Frances Ha é uma brilhante viagem à sensibilidade, à graça e à força do ser humano e das pequenas coisas que o rodeiam.

Frances é uma jovem aprendiz de bailarina (interpretada por uma excelente atriz, Greta Gerwig) numa companhia de dança. Ela está quase a chegar a idade adulta, mas não é isso que nos diz a sua alegria, irreverência e energia, que fazem dela uma personagem tão peculiar e tão identificável para o espectador. Com a sua melhor amiga Sophie, Frances passa grandes momentos de felicidade, até que pequenas mudanças surgem nas suas vidas. Ambas seguirão caminhos opostos, e é difícil que a amizade se possa manter como antes. Será que Frances conseguirá perceber o significado dos sonhos e da felicidade no mundo real, que ela começará a conhecer a pouco e pouco?

Frances-ha 1

No meio de tanta estreia que alia as potencialidades tecnológicas do Cinema moderno às exigências de espectadores cada vez mais abstraídos da verdadeira Arte das Imagens em Movimento, é significante o lançamento de um filme simples e tocante como Frances Ha, que, sem recorrer a 3D, IMAX, ou outras complicações, consegue ser uma experiência cinematográfica muito mais estimulante do que possa aparentar.

Filmado a preto e branco e realizado por Noah Baumbach (responsável também por Greenberg e A Lula e a Baleia), Frances Ha é uma comédia com toques de drama que não deve tanto a Woody Allen (e ao seu mítico filme Manhattan) como alguns críticos quiseram mencionar, sendo apenas visível a referência em algumas cenas de diálogo entre as várias personagens da obra e que nos recordam muito do neurotismo que caracteriza a filmografia do comediante.

Fabulosa obra que possui uma alegria contagiante, Frances Ha toca-nos como poucos filmes conseguem, por abordar os sonhos e as ambições dos seres humanos através de uma figura tão ingénua, mas ao mesmo tempo, tão reveladora da forma como a juventude e a idade adulta se afastam em termos de sensatez e de tudo aquilo que faz parte de nós e que queremos mostrar aos outros.

Frances Ha é um filme independente, feito fora das exigências do circuito de Hollywood, mas que é tão doce como qualquer comédia romântica produzida pela indústria norte americana, e é muito mais inteligente do que toda uma série de filmes que afirmam ter uma complexidade gigantesca. Quem não deseja ser feliz e, tal como Frances, quem não quer concretizar mesmo os sonhos que planeou para a sua vida?

frances-ha 2

Partindo desse pressuposto humano, da procura da felicidade num mundo quase governado pelo caos, que, para alguns, não merece qualquer atenção artística, Frances Ha torna-se, aos olhos do espectador, um filme de uma sensibilidade incrível que versa também sobre as relações humanas, as amizades que ficam ou desaparecem sem deixar rasto, e a alegria de viver que, mesmo que pareça não existir, convém nunca esquecer que é importante na sociedade em que vivemos. E que mesmo sendo adultos, nunca podemos deixar de lado a nossa faceta mais infantil e rebelde que, afinal de contas, nos torna muito mais interessantes.

Este filme representa um Cinema que quer falar sobre pessoas para pessoas, mostrando como a modernidade e o peso da vida rotineira, frenética e sufocante dos demais acaba por nos condicionar de uma forma avassaladora. Frances é uma rapariga invulgar que está estabelecida na vulgaridade do mundo em que vive (sendo que por vezes lhe custa adaptar-se a situações que se lhe parecem tão impossíveis de por em prática), e deseja ser única, e mostrar o que a faz ser única (e possuir todo aquele charme inacreditável) a todo o Mundo. Não será afinal essa uma das missões que todos deveríamos cumprir?

Filme irreverente, enérgico, atraente, hilariante e emocionante, Frances Ha é uma fita feita com completa liberdade, que não precisa de ser gigante para ser tão original e divertida. Frances ensina-nos que, talvez, a concretização dos nossos sonhos pode estar mais perto do que possamos pensar. Somos pequenos, mas há uma grandeza que nos aguarda…

9/10

Ficha Técnica:

Título Original: Frances Ha

Realizador: Noah Baumbach

Argumento: Noah Baumbach e Greta Gerwig

Elenco: Greta GerwigMickey Sumner, Adam Driver

Género: Drama, Comédia, Drama

Duração: 86 minutos