O livro foi colocado à venda a 10 de outubro e os fãs que o compraram logo nas primeiras horas tiveram direito a parte da autobiografia de David Jason, ator da série da BBC, Only Fools and Horses. O erro foi inserido acidentalmente naquela edição.

Para o terceiro volume de Bridget Jones passaram cerca de 40 páginas da autobiografia de David Jason. “Um erro de impressão foi descoberto nas primeiras cópias de Bridget Jones: Mad About The Boy“, explicou a editora, Vintage, adiantando, contudo, que já foram tomadas medidas para retirar das livrarias os livros que contêm o erro.

No entanto, alguns fãs admitem que este erro “foi um momento digno de Bridget Jones“.