anatomia

“Anatomia de Grey” chegou ao episódio 200

A famosa série norte-americana Anatomia de Grey, que já conta com 10 temporadas, exibiu ontem o seu ducentésimo episódio na Fox Life. O Espalha-Factos conta-te como foi e lança expectativas para o futuro.

A décima temporada, que começou a ser exibida em Portugal, pelo canal Fox Life, no passado dia 3 de outubro, emitiu o seu primeiro episódio no seguimento das peripécias ocorridas no Grey Sloan Memorial Hospital (outrora Seattle Grace), após condições atmosféricas desfavoráveis que originaram uma sobrelotação dos recursos do hospital, deixando os médicos preocupados e “sem mãos a medir”. Como consequência da falha de recursos, a interna Heather Brooks (Tina Majorino) acaba por falecer eletrocutada quando tenta auxiliar Richard Webber (James Pickens), que se encontrava inanimado no chão após ter sofrido uma descarga elétrica. Porém, Richard consegue sobreviver, tendo aos seus cuidados Miranda Bailey (Chandra Wilson) e Meredith Grey (Ellen Pompeo). Quanto a amores, ou melhor, “desamores”, Arizona Robbins (Jessica Chapsaw) acaba por revelar que traiu Callie (Sara Ramirez), deixando-a inconsolável.

Já neste terceiro episódio, assinalado como o 200º episódio, Richard continua internado e dependente de uma sonda, que o deixa descontente e desiludido com o “coração quente” de Meredith que ficou responsável por tomar as decisões referentes ao seu estado de saúde, em caso de invalidez. Quanto a Callie, esta não consegue esquecer a mágoa que sente, acabando por concluir que a sua relação com Arizona pode não ter volta a dar. No que toca a Cristina Yang (Sandra Oh) e a Owen (Kevin McKidd), o sexo continua a ser fundamental: estes não conseguem iniciar uma relação afetiva, pois têm medo de cometer os mesmos erros, sendo o sexo e o trabalho os únicos elos de ligação entre ambos. Paradoxalmente, quem não consegue ter uma noite romântica de amor são Karev (Justin Chambers) e Jo (Camilla Luddington) que, após a morte de Heather, decidiram aguardar pelo momento certo. No que diz respeito à administração do hospital, este continua “do avesso”, às mãos de Avery (Jesse Williams).

meredith

Ou seja, este 200º episódio, que poderia ser um marco para a trama, não acrescentou nada de novo, sendo apenas um mero seguimento dos dois anteriores, sem proporcionar algo surpreendente para o espectador. As relações afetivas regulares e os casos médicos do dia a dia sobrepuseram-se ao inovador, deixando o público “à espera de algo mais”.

A décima temporada parece ser um desafio para a relação de Meredith e Derek (Patrick Dempsey), que se debatem agora com as peripécias da vida familiar a quatro, com o nascimento de um novo membro. Cristina e Owen vão tentar explorar outros relacionamentos, a fim de tentarem compreender se vale a pena dar um passo em frente com outras pessoas ou um passo atrás, para um possível recomeço entre ambos.

owen

Agora que April (Sarah Drew) aceitou o pedido de casamento de Matthew (Justin Bruening), a sua relação com Avery parece ter estabilizado e há possibilidades de estes poderem voltar a ser melhores amigos, embora com algumas mazelas e sentimentos reprimidos à mistura. Por sua vez, Callie está a tentar enfrentar a sua dor, estando com dúvidas acerca do futuro do seu casamento com Arizona, visto que os problemas já surgiam muito antes da traição.

Anatomia de Grey está no ar desde 2005 e a décima, e mais recente, temporada é transmitida às quintas-feiras, pelas 22h00, na Fox Life.

Mais Artigos
Eurovisão
Eurovisão. Concorrentes vão gravar atuações para assegurar festival