ModaLisboa Ever.Now: Ciência e estética em diálogo em jóias de Olga Noronha

Mais uma designer a desfilar no Sangue Novo, na próxima ModaLisboa Ever.Now. Desta vez é uma designer de joalheria. A sua presença na ModaLisboa tem sido frequente desde 2012, através da colaboração com SayMyName. E se as jóias pudessem ser prescritas por receita médica? Eis a pergunta que Olga Noronha nos coloca.

À passarela da ModaLisboaOlga leva um conceito irreverente: jóias medicamente prescritas. A designer decidiu protelar o sentido luxuoso da jóia, observando-a do ponto de vista da ciência médica e do Body-Design, de maneira a criar produtos que propiciem o debate entre o design e a ciência e entre a estética e a ética. Trocando valores, às jóias adicionou um sentido medicinal, em deterimento do sentido estético, e aos produtos médico-cirúrgicos juntou a componente estética, ao serviço dos “rituais contemporâneos”, que segundo a designer, transformam “o detestável em desejável”.

A inspiração partiu da observação de materiais e instrumentos médico-cirúrgicos, próteses e ortóteses e do estudo da relação que o utente poderá ter com estes objectos. Os materiais, além daqueles que compõem o manancial de produtos orto-protésicos (laminados, polisar, próteses de silicone mamário e de anca), Olga utiliza metais preciosos comuns, entre os quais sublinha a filigrana tradicional portuguesa.

Prosthetic cervical collar & wrist restriction piece - Cópia

Entre os patrocinadores deste projeto consta o CRPG – Centro de Reabilitação Profissional de Gaia e TopTuxedo, Lda. Para o desfile, a designer contou com a colaboração de Ed Rocha Gonçalves na composição da banda-sonora.

Entre Londres e Lisboa, a designer tem participado em diversas mostras coletivas e a solo e torna-se cada vez mais frequente ler o seu nome em publicações nacionais e internacionais. Através do site de Olga Noronha, é difícil ficar indiferente ao seu percurso.

A marcar na agenda, hoje, dia 11 de Outubro, o desfile de Olga Noronha no Sangue Novo, nos Paços do Concelho, Lisboa, às 18:30h. Entrada livre e limitada à capacidade do espaço.

Fotografias por Daniel Pires

Mais Artigos
Festival Eurovisão da Canção: A História dos Fire Saga – Com carinho e sem jeito