A artista plástica criou recentemente uma fundação que visa a preservação do seu trabalho, a criação de uma coleção de arte e de bolsas para estudantes de artes. A Fundação Joana Vasconcelos será oficializada no próximo ano.

“A fundação foi criada para preservar a obra da artista, ir guardando desenhos, as coisas que tem feito. Estamos a trabalhar numa base de dados da obra dela. Vamos criar ainda uma coleção de arte com obras de outros artistas nacionais e internacionais, com os quais Joana Vasconcelos tem trabalhado”, declarou o diretor da fundação, Ricardo Vasconcelos, à Agência Lusa.

Apesar de esta fundação privada só poder vir a ser oficializada em 2014, o reconhecimento da parte do Governo já foi publicado no Diário da República. A sede será o atelier da artista em Lisboa, onde os interessados poderão vir a ter a oportunidade de visitar as coleções da criadora portuguesa.

Joana Vasconcelos nasceu em Paris em 1971 e desde 1990 que conta com várias obras que estão representadas em coleções de arte públicas e privadas. Para além de já ter feito uma exposição em Paris, que contou com mais de 1 milhão e 600 mil visitantes, colocou também algumas peças em exposição no Palácio da Ajuda em Lisboa. A mostra contou com cerca de 232 mil visitas e tornou-se na exposição individual mais visitada no nosso país.

joana_vasconcelos1_Destaque

“Utilizo vários materiais do quotidiano, coisas que as pessoas conhecem. No fundo, consigo um cruzamento entre o quotidiano, o dia-a-dia das pessoas, e uma poética que é reservada às artes plásticas, e que passa por redimensionar o nosso quotidiano e perspetivá-lo para o futuro”, afirmou a artista neste ano à Agência Lusa em agosto.