11845

How I Met Your Mother: O Início do Fim

How I Met Your Mother estreou no passado dia 23 de setembro o primeiro episódio da última temporada da série nos EUA. A derradeira conclusão de umas das séries mais longas da atualidade traz consigo o momento pelo qual esperamos há oito anos, Ted finalmente irá conhecer a mãe dos seus filhos.

É quase uma verdade absoluta que esta série está bastante desgastada, o excessivo prolongamento da narrativa foi talvez o que mais afetou a qualidade da mesma que desde as temporadas iniciais não apresenta um conjunto de 24 episódios suficientemente consistentes para se apelidar como uma das melhores comédias que passam na televisão norte-americana. As loucuras de Barney (Neil Patrick Harris) já não surpreendem, a química de Marshall (Jason Segel) e de Lily (Alyson Hannigan) tornou-se chata, Robin (Cobie Smulders) ainda vai tendo os seus momentos e Ted (Josh Radnor) tornou-se na maior desgraça e no reflexo mais óbvio de uma série completamente em ruína e que, ou muito me engano, fechará um ciclo de oito anos com a sua pior temporada.

5_FULL

The Locket simplesmente não funcionou como episódio de estreia de última temporada, não existe quase nenhum desenvolvimento na história, é um episódio que esquecemos rapidamente e, acima de tudo, não nos suscita a curiosidade para ver o resto da temporada. Um dos grandes problemas deste episódio medíocre é mesmo isso, o facto de apenas serem uns 20 minutos e parecerem arrastar-se, de tal modo que faz-nos querer que a temporada acabe já, para que de uma vez por todas ponham um fim a esta série que em tempos lá viveu os seus momentos de glória.

Muito longe quero eu de parecer o Velho do Restelo, mas é-nos praticamente impossível retirar algo de positivo deste episódio que nos faça pensar que a temporada irá ser boa. A falta de ideias da equipa notou-se mais neste episódio que em qualquer outro momento de How I Met Your Mother, exemplo disso é toda a história do possível parentesco entre Barney e Robin, que  foi tão disparatada e desesperada que apenas durou uns cinco minutos, sendo logo desmentida por uma qualquer chamada telefónica. Mas o que realmente cansa é toda a história em volta de Ted e Robin, o protagonista está apaixonado pela sua amiga desde o primeiro episódio da primeira temporada e é frustrante demais chegar ao primeiro episódio da nona temporada e ainda ver que Ted continua apaixonado. Toda esta insistência não faz qualquer sentido, Ted já teve uma dúzia de namoradas entretanto e finalmente aproxima-se do final, os escritores deviam antes preparar o espaço para a mãe entrar na vida de Ted e não o contrário.

How-I-met-You-Mother-9-01-The-Locket-promotinal-photos-how-i-met-your-mother-35541555-595-335

Um dos únicos aspectos positivos talvez foi a empatia com que ficamos ao ver o Lily a conhecer a mãe dos filhos de Ted, trazendo os melhores momentos ao episódio que bem precisava. A mãe pode revelar-se uma personagem querida do público, na verdade há qualquer coisa na actriz e na sua forma de representar que nos leva a simpatizar de imediato com ela, poderá assim ser a surpresa da temporada.

Em suma, How I Met Your Mother começou com o pé errado. Não poderiam ter escolhido um pior episódio para estrear a derradeira temporada, a qual devia ser épica. The Locket só faz com que olhemos cada vez mais com desconfiança para uma série que precisa urgentemente de acabar. Já não bastava o facto de os 24 episódios desta temporada se resumirem ao casamento de Barney com Robin para o público torcer o nariz, como a ajudar está este triste episódio que nos faz simplesmente querer desistir de assistir à série.

4/10

Mais Artigos
Luís Severo
À Escuta. Outras Maneiras junta Luís Severo, Vaiapraia, Filipe Sambado e muitos outros