Armadillo-T

Life-Tech [#12] – Um automóvel que se dobra ao meio (e não só)

Bem-vindo à décima-segunda edição da Life-Tech, a rubrica que te coloca a par das mais recentes inovações tecnológicas. Nesta edição: um incrível automóvel eléctrico capaz de se dobrar, uma bicicleta que se pode pedalar com as mãos e o tão esperado smartwatch da Samsung.

Tech-Long

Já te imaginaste com um carro que se dobrasse ao meio? E com um carro que se dobrasse ao meio através do teu smartphone? Pois é, apresento-te o Armadillo-T. Desenhado por investigadores sul coreanos, este veículo elétrico de dois lugares está desenhado para poupar espaço de estacionamento nos grandes centros urbanos. Com um simples clique no teu smartphone, o Armadillo-T dobra-se ao meio e pode ser estacionado de forma remota, deslocando a parte de trás do veículo para a frente e reduzindo o tamanho do carro para pouco mais de um metro e meio. Este protótipo, que se está a tornar viral na Internet, pode viajar cerca de 100 quilómetros após um carregamento de, apenas, dez minutos.

A equipa do Korea Advanced Institute of Science and Technology (KAIST), responsável por esta invenção explica, num comunicado, que o Armadillo-T é inspirado num animal da América do Sul, com um nome semelhante e cuja carapaça é parecida com a parte móvel do veículo, que se enrola sobre si próprio quando se quer proteger.

Armadillo-T 1

O Armadillo-T tem espaço para duas pessoas (condutor e passageiro) e em vez de espelhos retrovisores, o veículo contém pequenas câmaras digitais, ligadas a um ecrã, que mostram a vista das traseiras e das laterais do automóvel, tornando o funcionamento desta tecnologia simples, mas ao mesmo tempo versátil.

Apesar de ainda não estar à venda no mercado português e não se saber qual será o preço desta «mordomia», este pequeno automóvel está a conquistar a internet, registando mais de 800 mil visualizações no youtube, onde se pode ver o seu funcionamento:

http://youtu.be/8DoZH7Y-sR0

E podes ainda aceder ao comunicado do KAIST com mais informação sobre este protótipo aqui.

Tech-Short

Bicicleta «pedalada» com as mãos

Martin Kraiss, de 43 anos, é um designer e ciclista alemão que criou a primeira bicicleta do mundo que pode ser pedalada não só com os pés, mas também com as mãos. A ideia surgiu depois de Kraiss se aperceber que a parte superior do corpo permanece estática sempre que andamos nas bicicletas tradicionais.

A Varibike parece uma bicicleta normal, mas conta com um par de pedais a mais, junto ao guiador, de maneira a que o desportista use de forma alternativa, ou ao mesmo tempo, os pedais dos pés ou das mãos. O objetivo era criar uma bicicleta que, «para além de ser conduzida com o corpo todo, fosse mais rápida do que uma bicicleta convencional», conta o designer.

Esta inovadora bicicleta desenvolvida exclusivamente para ciclistas está disponível num único tamanho em branco, preto e dourado e com 15 quilos em alumínio. Com um custo de 4.700 euros, a Varibike permite que o praticante use os braços e as pernas para andar de bicicleta, tornando-a 31% mais rápida do que as bicicletas mais comuns.

Varibike

Podes procurar mais informações sobre esta bicicleta inovadora aqui: Varibike

Smartwatch, mais do que um simples relógio

Se és daquelas pessoas que não abdica de ter um relógio no pulso para controlar as horas ao minuto, a nova solução da samsung é ideal para ti. Esta empresa lança, no outono, uma combinação de relógio/smartphone. Denominado por smartwatch, o equipamento Galaxy Gear, em poucas semanas, vai estar à venda em mais de 100 países.

Apresentado esta semana na feira tecnológica IFA, em Berlim, este relógio alternativo tem uma capacidade de armazenamento de 4 gigas, um ecrã tátil com uma resolução de 320×320 pixels e uma dimensão de cerca de 4cm2 com microfone e colunas integradas.

O equipamento vem com várias aplicações, que podem ser acedidas tal como se acedesses ao teu smartphone e para isso basta deslizares, apenas, o dedo sobre o ecrã. Até há, por exemplo, uma aplicação onde se pode comunicar uma situação de emergência e há, entre muitas outras, a opção S Voice, que permite ativar comandos de voz, bem como aceder à página inicial do menu para atenderes ou rejeitares uma chamada.

Quanto ao preço, a Samsung já avançou com um valor: o smartwatch deverá custar aproximadamente 230 euros.

Smartwatch Samsung

Podes saber muito mais sobre este novo conceito de relógio acedendo à quinta edição da Life-Tech aqui: Life-Tech [#5] – Smartwatch – Mais do que um simples relógio.

Mais Artigos
Christopher Nolan e Anne Hathaway em filmagens para The Dark Knight Rises
Christopher Nolan não permite cadeiras nos sets: “sentados não estão a trabalhar”