Anunciado esta quinta-feira pela editora HarperCollins, a escritora britânica Sophie Hannah irá dar de novo vida ao famoso detetive belga, criado por Agatha Christie, numa obra a ser publicada em setembro de 2014.

Foi graças à “Rainha do Crime” que Sophie Hannah, igualmente autora de romances policiais mas também de livros de poesia, encontrou a inspiração para os seus principais temas literários. Grande fã de Hercule Poirot, a escritora revela que estes foram os primeiros livros que leu e que a levaram à paixão pelas histórias de Agatha Christie.

Foi precisamente na semana em que a família de Christie discutia a hipótese de dar continuidade à sua obra, que Hannah surgiu com esta ideia para uma história policial protagonizada de novo por Poirot.

Mathew Prichard, neto de Agatha, revela que “a ideia dela [Hannah] para um enredo era tão convincente e a paixão dela pelo trabalho da minha avó tão forte, que sentimos que era hora de escrever um novo livro de Christie. Segundo o editor da HarperCollins, o novo livro terá o desejo de levar os leitores de regresso onde tudo começou e abranger novas audiências.

Ainda pouco se sabe sobre este enredo, apenas que a história se vai passar nos anos 1920 (ano em que a personagem apareceu pela primeira vez na obra de Christie) e que Poirot não contará com a ajuda habitual de Hastings e do inspetor Jap. Estas informações foram reveladas pela autora, que quer enquadrar este livro de Poirot nos outros livros mas torná-lo, ao mesmo tempo, num livro autónomo.

O Poirot de Sophie Hannah irá voltar à vida mundialmente em setembro de 2014, 38 anos depois da publicação do último romance de Agatha Christie, Crime Adormecido, que foi publicado no Reino Unido em 1976, e 39 anos depois do último Poirot, Cai o Pano (O Último Caso de Poirot).

Mais informações sobre a autora aqui http://www.sophiehannah.com/