The Bone Season editado pela Bloomsbury, no Reino Unido e nos Estados Unidos da América, editora que em 1997 nos trouxe Harry Potter – é o livro de estreia de Samantha Shannon: escritora londrina de 21 anos e que muitos afirmam ser a nova J. K. Rowling. Em Portugal o livro vai ser lançado até ao final do ano pelo grupo Leya, sob a chancela da Casa das Letras

O livro de estreia de Shannon, The Bone Season, será o primeiro de sete volumes – à semelhança de Harry Potter – e nos contará a estória de Paige Mahoney: uma jovem de 19 anos que consegue entrar na mente das outras pessoas. A ação do livro decorre numa Londres futurista, no ano de 2059, onde seres videntes se juntam para combater um governo mundial totalitário. Sob um clima de instabilidade e guerra, a heroína do livro, procura segurança numa gangue de clarividência da qual passa a fazer parte.

Samantha Shannon, que cresceu a ler Harry Potter, estudou Literatura Inglesa no St Anne’s College, em Oxford. O seu primeiro livro vai ser publicado, para já, em 21 países e os direitos de adaptação para cinema pertencem à The Imaginarium,  empresa de Andy Serkis, actor britânico que deu vida a Gollum na saga O Senhor dos Anéis.

Bone_front

Num artigo da revista Forbes – “É Samantha Shannon de 21 anos a nova J. K. Rowling?” – Alexandra Pringle, editora executiva da Bloomsbury,  conta que recebeu um telefone de David Godwin, agente literário da romancista Arundahti Roy, no qual lhe propôs o manuscrito de Shannon. Passada algumas semanas, Samantha Shannon assinou contrato com a editora britânica e recebeu um avanço para a escrever os três primeiros livros da saga. O valor, não revelado, encontra-se na casa dos seis dígitos, quantia pouco usual para autores estreante e com menos de 30 anos.

“[O que me fascinou neste livro é] ter a qualidade de um Dickens do século XXI e ao mesmo tempo ser futurista”,  explica Alexandra Pringle, ao The Observer e citada pelo Público. “É sobre glória e belza, ela [Shannon] tem uma imaginação de contos de fada que liga A Bela e o Monstro mas também com Angela Carter“, acrescenta.

The Bone Season pode ser o livro de estreia de Samantha Shannon mas não foi o primeiro livro que escreveu. Aurora, título do primeiro trabalho da escritora, foi rejeitado por várias editoras e pelo próprio David Godwin, que mais tarde recomendou a saga protagonizada por Paige Mahoney à Bloomsbury.

Até ao final do ano as livrarias nacionais irão receber a versão portuguesa de The Bone Season, até lá resta-nos esperar e controlar a curiosidade.