gfk

GfK vai medir audiências no Brasil

A GfK, que desde março de 2012 mede as audiências televisivas em Portugal, chegou a acordo com quatro das maiores televisões brasileiras para começar a fazer a mesma coisa no Brasil. A empresa vai concorrer com o IBOPE, há mais de meio século presente no mercado brasileiro.

A nova medição audimétrica surge após várias suspeitas relativamente ao sistema do IBOPE e até de uma tentativa falhada do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), segundo canal mais visto no Brasil, de instituir um instituto de medição de audiências próprio, o Datanexus. TV Record, SBT, Rede Bandeirantes e RedeTV! são as emissoras que, a partir de 2015, se guiarão pelos números da companhia alemã.

A empresa iniciará, no terceiro trimestre deste ano, o período de ‘start up‘, na qual fará a composição do painel nacional de audimetria. O objetivo é chegar um painel de seis mil lares, distribuídos por 15 regiões. As mais representativas serão São Paulo (1.200 lares) e Rio de Janeiro (920 lares).

O painel, chamado GfK TAM, só estará concluído no final de 2014. A GfK, que está a alargar a sua cobertura mundial aos BRIC – Brasil, Rússia, Índia e China – é medidora de audiências em sete países europeus.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Um Filme de Verão DocLisboa
TVCine Emotion celebra mês do DocLisboa com programação especial