Máquina para purificar suor 1

Life-Tech [#10] – Suor transformado em água potável

Bem-vindo à décima edição da Life-Tech, a rubrica que te coloca a par de todas as inovações tecnológicas.

Cada tecnologia modifica algumas dimensões da nossa relação com o mundo, uma vez que permite outra percepção da realidade. As tecnologias tanto servem para reforçar uma visão conservadora/individualista como uma visão progressista. Por exemplo, uma pessoa autoritária poderá utilizar o computador para reforçar ainda mais o seu controle sobre os outros e, por outro lado, uma mente aberta encontrará nas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) ferramentas estupendas para ampliar a sua interação com o mundo tecnológico.

Por falar numa visão progressista, hoje trago-te informação sobre um produto tecnológico recentemente lançado no mercado e que se adequa perfeitamente à época de Verão.

Tech-Long

Esta nova tecnologia, desenvolvida por Andreas Hammar, um engenheiro sueco, é capaz de purificar o suor e transformá-lo em água potável. Como?

Esta máquina aquece os tecidos para extrair o suor em forma de vapor, conduzindo-o depois a uma membrana que só deixa passar as moléculas de água. O sistema desta tecnologia utiliza uma técnica de purificação chamada «destilação por membrana». Embora a ideia de beber o suor dos outros possa parecer estranha, a água obtida através deste sistema é mais limpa do que a água da torneira, uma vez que a substância (que é parecida com uma espécie de tecido impermeável) «apenas deixa passar o vapor, retendo bactérias, sais minerais, fibras de tecido e outras substâncias», esclarece Hammar.

Máquina para purificar suor 2

Esta tecnologia foi construída durante a campanha «Sweat for Water» da UNICEF, na Suécia, com o intuito de chamar a atenção para a falta de água potável que afeta mais de 780 milhões de pessoas em todo o mundo.

Apresentada, recentemente, durante a abertura do maior torneio internacional de futebol, na cidade sueca de Gotemburgo, os jogadores e os visitantes foram convidados a ceder as suas roupas suadas para esta causa ou a aceitar o desafio de beber um copo desta água. «A quantidade de água que o equipamento é capaz de produzir depende do quanto uma pessoa pode suar, mas uma t-shirt suada de alguém produz, aproximadamente, 10ml – cerca de um gole de água», afirma o engenheiro.

Assim, uma vez mais, a Life-Tech mostra-te como a criação de uma nova tecnologia está associada à preocupação social e não apenas ao divertimento. Neste presente caso, o objetivo foi relembrar que todos partilhamos a mesma água. «Todos bebemos e suamos da mesma forma, independentemente da nossa aparência ou da língua que falamos. A água é responsabilidade de todos e deve ser uma preocupação de todos», conclui Andreas Hammar.

Tech-Short

Fatos que tornam mergulhadores invisíveis aos tubarões

Uma empresa australiana acaba de apresentar os dois primeiros fatos do mundo capazes de proteger mergulhadores e surfistas de ataques de tubarões. Desenvolvidos pelos empresários Hamish Jolly e Craig Anderson, a inovação consegue tornar os humanos invisíveis aos olhos dos predadores marinhos, fazendo com que se confundam com o fundo do mar e com as armadilhas que ali encontram.

Um dos fatos, o «Elude», em tons de azul e branco, foi especialmente desenhado para mergulhadores, confundindo as suas percepções de luz e cor para esconder os indivíduos na água.

Já o «Diverter», com riscas pretas e brancas, destinado principalmente a surfistas, baseia-se numa imagem percecionada pelos tubarões como um sinal de perigo da Natureza por recorrer a um padrão que os repele e que, segundo os cientistas, lhes diz algo como «Não me comas».

A criação destes fatos é o culminar de um projeto de dois anos financiado pelo governo da Austrália, em consequência de um aumento sem precedentes dos ataques de tubarões na região ocidental do país. Através de pré-encomendas online, os primeiros fatos rondam um preço de, aproximadamente, 300 euros.

Fatos

Primeiro elevador do mundo movido a energia solar

Equipado com painéis fotovoltaicos, o Gen2 Switch já está em funcionamento em Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém. Consome menos energia que um secador de cabelo, com uma poupança na ordem dos 82%.

O equipamento funciona à base de uma corrente monofásica de 220V e possui uma drive regenerativa capaz de transformar o movimento do próprio elevador em energia elétrica.

Sempre foi possível reconverter um elevador ou qualquer outro tipo de equipamento para funcionar a energia solar, mas o que torna esta situação atrativa são as características que este equipamento tem de raiz: «O elevador traz desde logo as baterias necessárias para o funcionamento a energia solar, dispensando quaisquer tipo de despesas para o funcionamento através de energias renováveis».

Elevador Solar

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
pieces of a woman
‘Pieces of a Woman’. Drama ganha trailer antes da estreia na Netflix