Todos os fãs de Harry Potter podem agora passear pela Diagon Alley, rua onde todos os feiticeiros compram os materiais necessários para irem para Hogwarts. A rua mais simbólica de toda a saga foi construída em Londres, nos estúdios da Warner Bros, e pode ser visitada através do serviço Street View da Google.

Diagon Alley aparece pela primeira vez em Harry Potter e a Pedra Filosofal, altura em que Harry, juntamente com Hagrid, compram os materiais necessários para o primeiro ano em Hogwarts. Na rua está a Ollivanders, loja onde Harry Potter comprou a sua varinha: madeira de bordo e plumagem de fénix, semelhante à de Lord Voldemort.

Diagonalley

Diagon Alley, em Harry Potter e a Pedra Filosofal.

A rua mais famosa desta saga volta a aparecer em Harry Potter e a Câmara dos Segredos.  Harry, acompanhado da família Weasley e Hermione, visitam a livraria Florish and Blotts para comprarem os livros de Gilderoy Lockhart, o novo professor de Defesa contra as Artes das Trevas.  Na loja encontram Draco e Lucius Malfoy, que coloca o diário de Tom Riddle no caldeirão de Ginny Weasley.

O cenário que reproduziu a rua pensada e idealizada pela autora dos livros, J. K. Rowling, foi fotografada pelo Google e pode ser visitada, por todos, a partir do ecrã de um  computador.  Nunca o mundo Harry Potter esteve tão próximo dos fãs.

Captura de ecrã 2013-07-12, às 14.18.27

Printscreen da Diagon Alley no Google Street View