Numa conferência para estudantes no Cazaquistão, na Universidade de Nazarbayev, David Cameron confessou que gostaria de ser Harry Potter, apesar de algumas pessoas o verem como vilão.

Durante a visita, um dos alunos perguntou ao primeiro-ministro que personagem de J. K. Rowling gostaria de ser e Cameron optou pela personagem principal. “Qualquer pessoa com bom senso escolheria o Harry Potter“, afirmou, segundo o The Guardian. Mas acrescentou que os britânicos o veem como Voldemort, o vilão da saga.

Cameron afirmou ainda que estava a “redescobrir” os livros de Harry Potter, uma vez que a sua filha de nove anos começou a ler a coleção, de acordo com o The Telegraph.

O primeiro-ministro britânico visita  esta semana alguns países na Europa e Médio Oriente.