So Visto

Beleza e talento no renovado “Só Visto”

“Só há uma diferença em relação ao anterior: este é melhor” – é assim que Hugo Andrade, Diretor de Programas da RTP, define o renovado Só Visto, que vai chegar à antena do canal público já no próximo domingo, dia 7.

 

Num ambiente descontraído e divertido, em completa fusão com um quente final de tarde, o auditório da RTP recebeu a comunicação social para a apresentação do seu novo programa. O nome mantém-se o mesmo, porque “queríamos relançar este projeto, que é uma marca consolidada e que revolucionou a linguagem dos programas deste género”. Em 2004, nascia o “Só Visto” com Daniel Oliveira na apresentação, que entretanto mudou a sua residência para Carnaxide, e Marta Leite Castro foi a sua sucessora. Agora surge Sílvia Alberto, a menina-mulher que já conquistou o seu espaço na caixinha mágica.

Apresentação Só Visto

Será a apresentadora de ÍdolosOperação Triunfo ou Nada a Esconder que assumirá a entrevista principal em cada domingo. De sorriso genuíno, Sílvia confessa: “Eu adoro conversar, sou até um pouco cansativa”. Será Daniela Ruah a sua primeira convidada, que lhe contou coisas que “nunca contou a ninguém”.

Sílvia Alberto e Adriane Garcia

E porque também apresentou o saboroso MasterChef, quais os ingredientes que Sílvia escolheria para este programa? “Gengibre porque é quente e porque é um belo inflamatório para as cordas vocais, açúcar e pimenta ou malagueta”.

So Visto

À sua beleza, soma-se a jovialidade da equipa de repórteres: Adriane Garcia, vinda diretamente do extinto Cinco Sentidos, Joana Teles, que tem vindo a consolidar o seu percurso na RTP e RTP Memória com Há Conversa, Rita de la Rochezoire, a “Repórter Louca” do 5 para a Meia Noite, e um quarto elemento-surpresa, cujo nome ainda não é conhecido.

O glamour estende-se também aos conteúdos do programa. “A linguagem audiovisual é outra, há uma evolução, este vai ser mais inovador”, explica Hugo Andrade. A linha geral é a mesma: acompanhar as estreias de teatro e de cinema, a ficção da RTP e os eventos mais importantes. Mas haverá também espaço para realizar os sonhos que alguns famosos tinham em pequeninos, desvendam os protagonistas. Joana Teles levanta mais uma pontinha do véu: “Há rubricas fixas, há partidas, há coisas engraçadas” – uma mão cheia de ideias que as meninas vão concretizar, para relançar os domingos do primeiro canal . A produção do programa está a cargo da produtora “Até ao fim do mundo”, com a colaboração de Miguel Monteiro.

Hugo Andrade

Fotografias: Catarina Abrantes Alves

Mais Artigos
‘O Poder das Mulheres: Heroínas da Linha da Frente’ estreia na televisão portuguesa no Dia da Mulher