Pedro 2010 6883

O Homem Men’s Health

Tem um ar tímido e uma forma de estar descontraída. Em pequeno era muito traquina. Tinha, como todos os meninos têm na sua infância, o sonho de ser jogador de futebol. Sempre foram muitos, os sonhos, entre os quais o de ser cantor. Chegou a formar uma banda e a participar no Chuva de Estrelas. Mas a área do jornalismo sempre o fascinou.

Pedro Lucas é hoje o diretor da revista Men’s Health e continua em busca de novos projetos. No ano de 2000 licenciou-se em Sociologia no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE) com uma especialização na área do jornalismo e surgiu-lhe logo a possibilidade de estagiar no Jornal Record. “No Record tive a felicidade de ir para a secção do Sporting. Como é o meu clube, dominava completamente a matéria. Logo na primeira semana percebi que era este o curso que devia ter tirado“.

Esteve oito meses no Record e foi repórter na SIC durante três meses. De seguida, teve a oportunidade de estagiar na Men´s Health, que na altura estava apenas há um mês nas bancas. De jornalista passou a chefe de redação. De chefe de redação a editor online. De editor online a subdiretor. E em 2008 tornou-se diretor da revista. “Eu tive sorte, mas esta sorte deu-me um trabalho do caraças“. O seu objetivo, desde início, foi tornar-se influente para a revista. Não esperava que lhe dessem trabalhos. Propunha novos temas, novos artigos. “Quando o meu primeiro diretor me perguntou o que eu queria fazer na revista, disse-lhe diretamente «Quero ir para o teu lugar». Ele respondeu-me, e nunca mais me esqueço disso, que era este tipo de pessoas que ele queria na revista.”

A Nazaré, vila onde cresceu, é uma das suas grandes referências. “Nós, nazarenos, triunfamos lá fora. Triunfamos por esta herança que temos do mar. São os nossos genes“. Pedro tenta ir quase todos os fins de semana à sua terra.

Em criança era “muito traquina”, conta Tânia Alexandre, sua mulher. Só no final do ensino secundário é que começou a pensar realmente no seu futuro e tornou-se bom aluno. Tânia lembra-se de a sua professora de inglês ver uma fotografia de Pedro na sua carteira e dizer, espantada: “Tu namoras com esse rapaz? Não podes fazer isso! És uma excelente aluna!“.

No entanto, nada disso o impediu de chegar a diretor de uma revista prestigiada. “É mais difícil ser diretor do que parece. Aquilo que passa para o exterior é a parte cor-de-rosa, as coisas boas que nos acontecem“.

Pedro Lucas no programa 'Amor Sem Limites', da SIC Mulher
Pedro Lucas no programa ‘Amor Sem Limites’, da SIC Mulher

Já a música nunca passou de uma fase da vida de Pedro. Concorreu a alguns programas musicais, entre eles o Chuva de Estrelas. Hoje canta apenas no carnaval, com a banda que formou quando tinha 15 anos. Tal como quase todos os nazarenos, Pedro adora o carnaval. Essa, conta Tânia, é das poucas alturas do ano em que Pedro perde o ar sério e reservado. “Ele transforma-se. Veste uma roupa de carnaval e é outra pessoa“.

O que o faz mover é a ambição. Tem objetivos estabelecidos. Visa sempre patamares a atingir. “Ele sempre soube delinear o seu caminho e consegue contagiar os que o rodeiam com a sua ambição. É um líder nato“, conta o seu melhor amigo, Valter Leandro.

Amigo do seu amigo” é a sua maior qualidade, explica João Parreira, jornalista e editor online da Men’s Health. “Hoje em dia há muitos tipos de amigos, mas o Pedro está sempre presente quando é necessário, chama a atenção quando tem que chamar e ajuda-nos a crescer como pessoas“.

Mas o trabalho consome-lhe grande parte do tempo. Tempo esse que acaba por faltar quando quer estar com a sua família. Está constantemente a pensar na revista e em contacto com o mundo através das plataformas digitais. “Felizmente, a Tânia compreende a minha profissão e ajuda-me imenso. Ela é uma mulher super inteligente e sabe que há alturas em que não dá. Sabe que quando é para desligar, nós desligamos e conseguimos aproveitar e render o tempo. Ela é a minha muleta“.

O sucesso da revista, diz Susana Gonçalves, designer gráfica da Men’s Health, deve-se a Pedro. “Neste momento, esta revista não tinha tanto sucesso se não fosse o Pedro. Ele não é o típico chefe do eu-quero-posso-e-mando, muito pelo contrário, o Pedro é uma pessoa interessada, que sabe o que diz e consegue cativar-nos“.

A filha, Lara, de quatro anos, é o que mais adora no mundo. A pequena, conta a mulher, “é a única que o faz desligar a ficha. Ele é um pai babado e super protetor. Quando a Lara quiser namorar, o Pedro vai andar com uma caçadeira às costas. Eles têm uma relação fantástica. As regras são comigo e as brincadeiras são com ele“. Os olhos de Pedro brilham quando fala na filha.

Teimosia” é uma das palavras que o define. Por ser tão ambicioso, torna-se teimoso. Mas, conta Leandro, é uma teimosia fácil de lidar. Odeia mentiras e a inércia das pessoas. “Ele faz-me lembrar o alfa dos lobos que protege a matilha. Se somos leais e verdadeiros com ele, dá-nos tudo, assume as culpas por nós e defende-nos até à morte. Temos é de saber corresponder a essa lealdade na mesma medida. Se lhe faltamos ao respeito, aí ele deixa de ser o Pedro bonzinho que conhecemos“, acrescenta Ana Dória, jornalista da Men’s Health. Preza a lealdade e fica frustrado com o erro. O Pedro, diz a mulher, quer sempre fazer mais e melhor.

pedro_andreia

A revista é o seu modo de vida. “O Pedro vive Men’s Health, é um homem Men’s Health, respira Men’s Health. Ele veste completamente a camisola“, explica Elsa Tomé, diretora de publicidade da revista. A sua rotina passa por planear as revistas, escolher os temas e a quantidade de páginas, fazer a triagem, editar os textos todos, aprovar fotografias, analisar orçamentos, fazer capas e fazer todos os títulos da revista. “Eu preciso de ter o controlo da execução final da revista. Antes éramos 10, agora somos quatro. Faço mais coisas do que era suposto“.

Tânia resume as características de Pedro: “É uma pessoa extremamente exigente, consigo e com os outros. Nunca se acomoda, é tranquilo nas relações, amigo do seu amigo, sabe ouvir, sabe aceitar as opiniões e para lhe saltar a tampa é preciso muito“.

Mesmo com o tempo livre tão escasso, Pedro não quer ficar por aqui. Os objetivos nunca terminam: “Quero trazer mais títulos da Rodale.Inc, empresa americana a que pertenço, para Portugal. Se conseguir posso deixar de ser diretor da revista e passar a ser editor executivo de todas essas revistas que pertencem à empresa, em Portugal. É essa a minha ambição agora“.

Artigo por: Janete Vigia

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
armie hammer
Canibalismo, violência e abuso: Armie Hammer protagoniza o mais recente escândalo de Hollywood