1loveis

Só Precisamos de Amor

É já amanhã que chega aos cinemas portugueses o mais recente filme da dinamarquesa Susanne Bier, Só Precisamos de Amor (Love is All You Need), que apesar do seu tom ligeiro retrata temas pesados como o cancro, a morte e a descoberta de nós mesmos.

O facto de Só Precisamos de Amor ser considerado uma comédia romântica engana, principalmente se é passado na magnífica região do sul de Itália. Desengane-se se acha que vai ser mais um Mamma Mia! (2008). De facto, Susanne Bier apresenta-nos os clichés a que todos os romances ligeiros são submetidos mas oferece-nos mais que isso e confronta-nos com verdades e problemas inerentes à existência humana.

loveis

Ida (Trine Dyrholm) é uma cabeleireira que enfrenta um cancro e é apanhada de surpresa pela traição do marido em pleno sofá. Numa tentativa de esquecer os seus problemas, viaja até Itália para o casamento da sua filha, Astrid (Molly Blixt Egelind) com Patrick (Sebastian Jessen), e aí conhece o pai do noivo, Phillip (Pierce Brosnan), que ainda sofre pela morte da sua esposa. A forma desastrosa como Ida e Phillip se conhecem mostra como parecem ser o oposto um do outro. Ela é simples e direta, enquanto Phillip é frio e um pai ausente. Porém, aos poucos, e acompanhados pelas belíssimas paisagens do Mediterrâneo, vão-se conhecendo e expondo os seus medos.

13loveis

A par dos lugares-comuns, o filme de Bier oferece diversas surpresas que fazem o espetador refletir. Apresentado de uma forma que nos mostra um pouco de todas as personagens essenciais, a obra da realizadora de Coisas que Perdemos no Fogo (2007) fala do cancro e das dificuldades que traz, ou não fosse por isso que Ida fora traída pelo seu insensível marido. Apesar de tudo o que lhe acontece no filme, Ida é forte e tem gosto pela vida. E será com a sua atitude inocente e verdadeira que ajuda Phillip a perdoar o mundo pela morte da sua mulher.

O filme toca também na busca do nosso “verdadeiro eu” quando Patrick, prestes a casar na villa italiana da sua família, deixa de fugir de si mesmo e desiste de tudo. Sem saber o que quer, e até mesmo com dúvidas sobre a sua sexualidade, ele admite estar perdido e enfrenta essa verdade que muitos também evitam. É em assuntos como este que percebemos que a sinopse de Só Precisamos de Amor não é tão simples assim e que o filme não é apenas mais uma comédia romântica. Não se trata de um “E viveram felizes para sempre”, apesar de o final acabar, de facto, bem. Aliás, o filme surpreende porque não é tão ligeiro como aparenta e a conjugação entre as duas nacionalidades, inglesa e dinamarquesa, assenta-lhe bem, além de ter um elenco muito versátil, mesmo não sendo este o melhor desempenho de Pierce Brosnan.

4loveis

Apesar de um casamento no sul do Mediterrâneo, com direito a uma villa totalmente remodelada, não estar ao alcance de todos nós, o enredo é real e o facto de nem tudo correr bem dá-lhe um maior significado. É uma obra que tanto nos pode fazer rir como chorar e que nos entretém do início ao fim.

6/10

Ficha Técnica:

Título Original: Love is all you need

Realizador: Susanne Bier

Argumento: Susanne Bier, Anders Thomas Jensen

Elenco: Pierce Brosnan, Trine Dyrholm, Molly Blixt Egelind, Sebastian Jessen

Género: Comédia, Romance

Duração: 116 minutos