Anne_Frank_830527g

Diário de Anne Frank considerado pornográfico

A obra que relata os dias de confinamento da jovem judia e de sua família tem sido motivo de contorvérsia nos EUA devido ao facto de o conteúdo ser considerado “pornográfico” e “perturbador” por parte de alguns pais americanos.

A queixa começou em Michigan, da parte de Gail Horalek, mãe de uma rapariga que se encontra no sétimo ano, e que se queixou que a versão definitiva do diário é pornográfica e não deve ser exposta na escola da sua filha. “É muito gráfico e demasiado pornográfico para miúdos do sétimo ano lerem. É inapropriado da parte de um professor estar a distribuir este material aos seus alunos, quando na realidade é função dos pais dar esse tipo de informação aos estudantes.” declarou Horalek à Fox 2.

Desde então alguns pais têm demonstrado preocupação pelo conteúdo do livro, principalmente quando Anne começa a descobrir o seu corpo e chega mesmo a descrever a sua vagina. Há três anos no estado de Virgínia, uma escola decidiu banir a edição definitiva depois de um pai ter apresentado uma queixa similar.

Anne_Frank

As partes consideradas “sexuais” foram excluídas das primeiras edições do livro (publicado pela primeira vez em 1947) por Otto Frank (pai de Anne), por considerarem que eram demasiado explícitas). No 50º aniversário do falecimento da autora essas partes foram acrescentadas nas edições que se seguiram.

Desde a queixa de Horalek, há vários pais que agora estão a sugerir às escolas que lhes seja requisitada permissão antes de autorizarem, ou não, a leitura de O Diário de Anne Frank. Há escolas que já recomendam a versão abreviada da obra por forma a evitar conteúdo impróprio para crianças de 12 e 13 anos.

Há comentadores americanos que já reagiram à notícia. Podes ver alguns desses comentários abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=_BPPcXypyo0

Anne Frank foi uma adolescente judia que viveu em Amesterdão na época da Segunda Guerra Mundial. Acompanhada com a sua família viu-se forçada a esconder-se durante o holocausto. Alguns anos depois foi apanhada juntamente com os restantes que se tinham refugiado no mesmo local e foram levados para Auschwitz. Anne morreu no campo de Bergen-Belsen em 1945.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Liga Europa
Liga Europa bate recorde e destaca SIC no primeiro lugar