Hoje é o dia em que se comemora o Jazz pelo mundo. Apesar de se estender a várias cidades, Istambul é o palco eleito para a celebração deste ano, com a participação de músicos de várias nacionalidades, como o brasileiro Milton Nascimento.

O Dia Internacional do Jazz foi celebrado pela primeira vez em 2012, numa iniciativa da UNESCO com o objetivo de promover uma expressão musical que simboliza “paz e unidade”, de acordo com a SIC Notícias. Contudo, este ano a organização aproveita ainda para afirmar a importância do jazz nos movimentos de luta pela liberdade. “Onde há pessoas que lutam pela liberdade, o jazz está quase sempre“,  afirmou Neil Ford, porta-voz da UNESCO.

Em Portugal também se festeja este dia, não apenas hoje mas também em maio, com o Festival Estoril Jazz. Mas vais eventos ocorrem hoje de norte  a sul. O Hot Clube de Portugal (HCP) teve concertos de formações musicais  de alunos da escola HCP no cinema São Jorge, em Lisboa, e partir das 22:30, terá uma maratona  de concertos com músicos como Afonso Pais, Paula Oliveira, Nelson Cascais e Massimo Cavalli.

No Porto, a cantora Isabel Ventura, acompanhado de um trio, apresentará  no Teatro Rivoli o álbum Encontro em dois momentos, no qual interpreta  “standards” e temas portugueses.  E a sul, o contrabaixista Zé Eduardo foi um dos protagonistas de uma  maratona no Teatro Lethes, de Faro, em formato quarteto, com a cantora Viviane,  a par do trio de Paulo Luz, o quarteto de Genoveva Faísca  e o músico João Frade.