LCRP 2013

Abril volta à rua: LISBOA CAPITAL REPÚBLICA POPULAR

A quinta edição do LISBOA, CAPITAL, REPÚBLICA, POPULAR, está disponível gratuitamente desde quinta-feira, dia 4 de abril, nos quiosque de Lisboa da Avenida na Liberdade, Chiado, Marquês e Cais do Sodré e nos principais pontos da vida cultural e nocturna da cidade.

“Abril dos cravos com todos os seus valores, ideais e utopias é pretexto para pensar o presente através de música, debates, escrita e cinema” é o tema que será tratado durante este mês, tendo em conta todos os acontecimentos atuais. 

O LCRP é muito mais que um jornal. Além de trazer a palavra de Abril à rua, traz também uma série de espectáculos e debates, que intensificam o papel da musica e da imagem.

O JORNAL

Este ano o jornal contou com a direcção de João Pacheco e contém textos da autoria de Jorge Silva MeloTiago RodriguesPilar del RíoRui PortulezRui Zink, Frederico Duarte, João Pacheco, Luís Gouveia Monteiro, Miguel Gonçalves Mendes, Margarida Ferra, Nuno Miguel Guedes, Raquel Freire e Tiago Rodrigues. As ilustrações e o design ficaram a cargo de Paulo Arraiano. A tiragem é de 11 000 exemplares.

OS ESPETÁCULOS

Quinta-feira, 18 de abril, 22h30, Musicbox

As canções da ditadura do BrasilNorton DaielloFlakAlexandre Frazão, MárciaLuanda CozettiAfonso Cabral e Jorge Palma irão reinterpretar alguns temas da época ditatorial brasileira no Cais do Sodré.

Sexta-feira, 19 de abril, 22h30, Musicbox

Edição Especial do Slam Lx– O universo da contestação e da palavra viva é trazido a este espaço por poetas, escritores e slammers.

Sábado, 20 de abril, 21h, Rua Nova do Carvalho

Canto LivreJónatas Pires (Pontos Negros), Diego Armés (Feromona), David Jacinto (Tv Rural), Manuel Fúria, Tomás Wallenstein (Capitão Fausto), Alexandre D’Alva TeixeiraFernanda Paulo e José Anjos, saem à rua para provar que a cantiga ainda é uma arma.

 Domingo, 21 de abril, 21h, Rua Nova do Carvalho

Exibição de Couraçado Potemkin– O filme de Sergei Eisenstein, será exibido em tela ao ar livre, acompanhado ao vivo pelo Rodrigo Amado Eye.

Todos estes espectáculos têm entrada gratuita, podendo o público optar por um bilhete facultativo que custa 8€ no dia 18 e 5€ nos restantes dias.

OS DEBATES

O LCRP organizou um ciclo de debates a acontecer no Povo de Lisboa. O primeiro é dia 19 às 19h e analisar-se-á aquilo que se escreve, diz e ouve no espaço público português e o peso disso enquanto exercício de expressão e contestação social. Será moderado pelo jornalista Nuno Miguel Guedes, e os intervenientes são o rapper Chullage, o poeta Miguel-Manso e o designer e artista Miguel Januário. O segundo é no dia 20, também pelas 19h e o tema em discussão é “O silêncio e a censura. Em conversa estarão a historiadora Irene Pimentel, o jornalista José Vítor Malheiros e a realizadora Raquel Freire, sob a moderação de João Pacheco.

#APALAVRA NA RUA

E porque abril é do povo e este “é quem mais ordena”, há que intervir. Tendo em conta a temática do ano, “A Palavra na Rua”, o público poderá fotografar grafittis, frases e quaisquer outras intervenções urbanas que mostrem a força da palavra no espaço público da cidade. Depois só têm de partilhar em redes sociais, como o instagram ou tumblr, com a etiqueta #apalavranarua.

O Lisboa, Capital, República, Popular recorda os quatro jornais desaparecidos que eram apregoados por Lisboa por esta ordem, de forma a provocar a PIDE e a censura. Numa altura crítica como a atual, o LCRP vem reavivar ainda mais o abrilismo através de iniciativas multiculturais e chamar à atenção para a contestação e o movimento de intervenção.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Trump Biden
Trump perde para Biden na “guerra das audiências”