The Dark Side of the Moon, o 8.º álbum de estúdio dos Pink Floyd, celebra hoje quatro décadas. O disco, mais intimista e pessoal, marca uma nova fase na carreira da banda e é um reconhecido marco na história da música. Para celebrar o aniversário contamos um pouco da história da sua produção e deixamos o disco para ser ouvido.

É um dos álbuns mais vendidos na historia da indústria fonográfica, com cerca de cinquenta milhões de cópias vendidas até hoje, e foi um sucesso imediato, tendo alcançado imediatamente o topo da Billboard nos Estados Unidos.

A produção foi feita nos lendários Abbey Road Studios em Londres, entre 1972 e 1973, o único estúdio que detinha modernas ferramentas que permitiam uma gravação multicanal, isto é, o registo em separado de múltiplas fontes de som para criar o resultado final coeso.

Para a produção do disco a banda britânica contou com a ajuda de Alan Parsons (que trabalhara já com os Beatles em Let it Be) e, além dos inúmeros custos que acarretou, a produção ficou marcada pelas sucessivas interrupções. Consta que, muitas vezes, Roger Waters abandonava as sessões para ir assistir aos jogos do Arsenal ou aos episódios de Monty Python’s Flying Circus na televisão.

O álbum veria a luz do dia, finalmente, a 24 de março de 1973. Aclamado por fãs e críticos, o trabalho seminal dos Pink Floyd acaba de ser considerado obra a preservar pela Biblioteca do Congresso dos EUA , devido à sua importância cultural e histórica.

Para assinalar o 40.º aniversário, a banda disponibilizou no seu site uma ferramenta interativa que permite que os fãs escureçam uma lua criada especialmente para o evento.

A capa do disco, desenhada por Storm Thorgerson e praticamente tão famosa quanto suas etéreas composições, tem conhecido sucessivas reinterpretações (lembramo-nos por exemplo da reciclagem artística feita por alguns fãs que, aquando da edição de In Rainbows dos Radiohead, utilizaram a iconografia dos Pink Floyd).  Também para assinalar a efemeridade, a Storm Designs criou 14 novas versões do prisma que serão divulgadas gradualmente no site da banda, a fim de ser criado um poster comemorativo que poderá depois ser descarregado.

O disco pode ser aqui ouvido na totalidade:

http://youtu.be/Fi1sBwV1-tU