kirikou-et-les-hommes-et-les-femmes-kirikou-et-les-hommes-et-les-femmes-0-18-g

O cinema francês na MONSTRA

O penúltimo dia da MONSTRA apresentou uma ampla amostra de filmes internacionais das mais diversas nacionalidades. Na Competição Internacional foi a vez da Estónia, do Japão e da França exibirem filmes, nomeadamente Lotte and the Moonstone Secretde Janno Poldman e Heiki Ernits, A Letter to Momode Koji Tanaka, Kirikou les Hommes et les Femmesde Michel Ocelot, e Le Tableau, de Jean-François Laguionie.

No final do dia, a sala Manoel de Oliveira recebeu o encerramento oficial do Festival de Animação de Lisboa com a entrega de prémios da Competição Internacional, o prémio SPA/Vasco Granja e a estreia Mundial de uma curta portuguesa propositadamente encomendada para a presente edição da MONSTRA. A noite continuou com a festa no Teatro do Bairro aberta a todo o público.

Kirikou les Hommes et les Femmes

Kirikou, o personagem criado pelo francês Michel Ocelot conta já com três filmes de animação, que narram as aventuras do pequeno rapaz de uma tribo. Após o sucesso de Kirikou et la Sourciere e Kirikou et les Bêtes sauvages, o terceiro filme retrata os acontecimentos numa vila aterrorizada pela feiticeira Karaba.

Esta história concentra-se nas relações entre os membros da tribo e os estrangeiros que passam pela aldeia, tendo um caráter mais psicológico do que os filmes anteriores. É curioso reparar que o fio condutor da história está a cargo do avô de Kirikou, que  nos acolhe na sua gruta azul para narrar as peripécias do seu neto, bem como para revelar mais segredos sobre este pequeno herói.

O papel do avô na história representa o poder da oralidade na comunidade africana, em que os acontecimentos são narrados na primeira pessoa e transmitidos de vila em vila. Deste modo o personagem fica perpetuado e a sua história chega a várias gerações.

É impressionante verificar o trabalho de investigação antropológico elaborado por Michel Ocelot para realizar este filme de animação. O realizador conseguiu recriar a vivência de uma tribo, baseando-se nos mitos que povoam o imaginário da cultura africana.

Apesar da animação ter sido realizada em 2D, consegue sentir-se uma grande sensação de profundidade nos cenários criados. A beleza do filme não reside na perfeição dos bonecos animados ou dos seus movimentos no plano, mas na história rica que envolve cada personagem e que traz uma moral de vida para as crianças que assistem ao filme.

KIRIKOU+LES+HOMMES+ET+LES+PHOTO2

Não percam este domingo, último dia da MONSTRA, a secção Japão Longas com Grave of Fireflies, a sessão de Pais e Filhos com o primeiro filme da saga Kirikou e as sessões das curtas e longas-metragens premiadas. Para quem não viu os filmes que pretendia durante a semana, este é o melhor dia para trazer irmãos e filhos ao cinema e desfrutar da seleção que a MONSTRA tem para oferecer.

Mais Artigos
Gisela João
À Escuta. Gisela João, Xinobi e SAL são os destaques da semana