Selkirk, o verdadeiro Robinson Crusoé, de Walter Tournier  (Uruguai) 2

Monstra 2013 dedicado a Espanha

O quinto dia da MONSTRA foi dedicado à cultura hispânica. A abertura oficial da secção espanhola contou com a curta Electric Hôtel, de Segundo de Chomón, e Sinsisde Cramen Lloret. Para além das sessões de curtas galegas exibidas neste dia, não faltou a apresentação de duas longas metragens a concorrer no festival. Damos destaque a Selkirk, the real Robinson Crusoe, o primeiro filme que estreou na Competição Internacional deste ano.

SELKIRK, THE REAL ROBINSON CRUSOE

O filme em stop motion retrata as aventuras de Selkirk, um corsário egoísta, que veleja à procura de tesouros. Quis o destino que ficasse abandonado numa ilha deserta, tornando-se ele próprio na lenda de Robinson Crusoe.

O realizador Walter Tournier, baseou-se na história real de Alexander Selkirk, um homem que participou na expedição dos mares do Sul no século XVII. Durante essa jornada ficou naufragado no mar até desaguar perto do Chile.

Esta produção de três países hispânicos, Uruguai, Chile e Argentina, não é mais um filme de piratas, mas sim uma viagem pelo comportamento psicológico deste pirata, pois o filme incide mais nas emoções do personagem principal do que na ação propriamente dita, dando maior profundidade a todas as cenas.

Com um ritmo lento e diferente dos filmes de animações a que estamos habituados, Selkirk consegue captar as preocupações humanas, dando destaque à cooperação para a sobrevivência.

Amanhã, dia 12 de março, a não perder as Curtas Bascas e a secção Retrospetiva Júri, com as melhores curtas de 2007 a 2012 no Cinema São Jorge. Para fechar a noite em beleza, destaque também para as produções escolares de Madrid.

Mais Artigos
Piruka
Spotify: Piruka tem a música portuguesa mais ouvida do ano