A ativista política e escritora americana Naomi Wolf é uma das convidadas da 3ª edição do Festival Literário da Madeira, que decorre entre os dias 1 e 7 de abril. As várias atividades do festival decorrem no Teatro Municipal Baltazar Dias, no Funchal. Revolução, Rutura, Renovação é o tema da conversa de abertura, a 3 de abril.

Conhecida pela obra lançada em 1991, O Mito da Beleza, Wolf é distingui-se ainda pelo ativismo político e pela crítica social. O New York Times considerou o livro como um dos mais importantes do século XX. A última obra da escritora traduzido para português intitula-se O Fim da América – carta de aviso a um jovem patriota e foi lançado no ano passado.

A 3ª edição do festival literário madeirense propõe conversas, conferências, três noites de espetáculo, manifestações artísticas e visitas a escolas. Durante os seis dias de festival, para além do Festival nas Escolas e da conferência na Universidade da Madeira é também lançado o FLI (Festival Literário Infantil). O objetivo é incluir os mais novos no Festival Literário da Madeira e colocá-los em contato com os livros, autores, escritores e ilustradores.

Mais informações sobre o programa do festival são disponibilizadas brevemente. Fica a saber mais sobre os participantes confirmados para o evento aqui.