Bem-vindo ao Slide to Read! Esta nova rubrica de opinião do Espalha-Factos focará particularmente algumas inovações nas tecnologias que já integram o nosso quotidiano e que o podem melhorar. Assim, neste espaço poderás encontrar a discussão de tópicos distintos como novas apps ou dispositivos, que se revelam particularmente úteis para o nosso dia-a-dia, assim como dicas para aproveitar as vantagens dos dispositivos que já temos no bolso ou na mochila connosco o tempo todo. Portanto, como primeiro post, propus-me apresentar e discutir a melhor selecção de apps para o nosso público alvo: os estudantes.

Eu próprio sou estudante universitário, e adotei o meu iPad original – que ainda passeio orgulhosamente, como se de um veterano de guerra se tratasse e que ainda está cá para as curvas – para substituir como companheiro omnipresente o meu netbook, quando os tablets entraram no mercado em 2010. Com o tempo reuni aquelas que considero as apps mais úteis para o estudante comum:

evernote recortar1. Evernote

Esta app foi a primeira que me ocorreu colocar nesta lista. O Evernote é uma app de bloco-de-notas, organização e arquivo de informação, transversal a todas as plataformas: Windows – incluindo uma versão para o Windows RT/8 –, Mac OSiOSAndroidBlackberryWindows Phone e como web app suportada pelo Google ChromeMozilla Firefox e Safari. Permite fazer notas de texto em rich text (a título de curiosidade, este artigo foi escrito e editado no Evernote), acrescentar fotografias, clips de som, anexos como documentos de texto, apresentações e PDFs. Estas notas podem ser marcadas com etiquetas, editadas, e agrupadas em blocos-de-notas. Todo o conteúdo das notas (incluindo texto nas imagens e PDFs) pode ser pesquisado, e a app guarda todos os blocos-de-notas nos servidores da Evernote, sincronizando-os entre todos os dispositivos. Esta vantagem traz o único defeito da app: é necessária uma ligação à internet para aceder e editar as notas, para a conta grátis (em oposição à premium, que tem um custo anual de €45).

Grátis para todas as plataformas.

Ideal para: Fazer blocos de notas por cadeira, e ter um sistema rápido e completo para tirar aqueles apontamentos que não vamos perceber na véspera daquele exame – quer seja manuscrito ou não.

iwork logo2. Pages, Keynote e Numbers

Para aqueles familiarizados com o pacote de programas de produtividade iWork para Mac, a versão para iOS oferece a mesma capacidade de produção de documentos de texto, apresentações e folhas de cálculo. As aplicações móveis não são tão completas como os seus companheiros para computador, mas as funções em falta não se fazem notar – pessoalmente, uso-as há três anos e só notei este defeito no Keynote, em que o utilizador está limitado aos temas de apresentação pré-instalados e ao formato típico do slide (4:3). Todas as aplicações fazem back-up automático para a conta iCloud do utilizador, exportam por email ou para outras apps para o seu formato nativo iWork, para formatos compatíveis com todas as versões WordPowerPoint e Excel e para o formato PDF.

Aplicações universais para iPadiPhone e iPod Touch, €8,99 cada na App Store.

Ideal para: Redigir documentos e apresentações recorrendo a todas as funcionalidades a que estamos habituados num computador (enquanto suspiramos por ainda não haver uma app que escreva por nós uma página de texto por cada nível do Angry Birds que superamos).

kingsoft office3. Kingsoft Office for Android International

Em termos de funcionalidades, esta app é o equivalente Android ao pacote iWork encontrado no iOS. Permite ao utilizador ver e editar documentos de texto, folhas de cálculo e apresentações, e ainda visualizar e anotar ficheiros PDF. O editor de texto, de nome Writer, suporta o habitual: negrito, itálico, sublinhado, comentários, cabeçalhos e rodapés, corrector automático, introdução de imagens e tabelas, e encriptação dos ficheiros. O Spreadsheets – editor de folhas de cálculo – suporta 161 funções matemáticas, formatação de células, e funções avançadas como “ordenar por” e o filtro automático. Por último, o programa para edição de apresentações, Presentation, possibilita a inserção de texto, imagens, listas, molduras, WordArt e é compatível com as formas SmartArt nativas do Microsoft Office 2007 e versões posteriores. A app é transversalmente compatível com exportação para email, e possibilita a conversão de todos os ficheiros em PDF. Também é de destacar o facto de o KingSoft Office incorporar um gestor de ficheiros interno e conectar-se aos principais serviços de ficheiros na cloud, incluindo a Google Drive e a Dropbox. No global, este programa tem tudo quanto um estudante com um smartphone ou tablet Android precisa para fazer do seu gadget o principal instrumento de trabalho.

Aplicação para Android (2.2 ou superior). Grátis na Google Play Store.

Ideal para: Começar ainda no autocarro o relatório que temos de entregar amanhã – e já devíamos ter escrito – dar uns retoques no PowerPoint do trabalho de grupo da próxima semana e calcular que nota precisamos de ter nos dois para não ter de ir a exame no fim do semestre.

goodreader4. GoodReader

A principal limitação dos dispositivos iOS da perspectiva do utilizador é a incapacidade de aceder ao sistema de pastas a que todos estamos habituados no PC ou Mac. No entanto, há aplicações na App Store que contornam esta limitação. A melhor que já testei é o GoodReader. Esta aplicação permite ao utilizador criar uma hierarquia de pastas, (exemplo: 4º ano > 1º semestre/2ºsemestre > pastas para cada cadeira do semestre). Adicionalmente, o utilizador pode usar a app para fazer download directo de ficheiros – tendo o programa um browser integrado – e conectar-se à conta de email ou serviços de armazenamento remoto como a DropboxGoogle Drive ou iCloud, fazendo upload e download de ficheiros. Assim, o utilizador pode importar, organizar e visualizar ficheiros de quase todos os formatos (incluindo fotos e vídeos importados em torrent, que abordarei numa edição futura).

Por último – e coincidentemente a função a que mais recorro no GoodReader – este é o melhor programa para visualizar e anotar PDFs. Traz integrada pesquisa de texto, sublinhar com várias cores, anotação manual ou com stylus, balões de comentários pesquisáveis e bookmarks de páginas, tornando a navegação de ficheiros PDF o mais completa e intuitiva que se pode encontrar na plataforma móvel da Apple.

Aplicação disponível para iPadiPhone e iPod Touch, €4,99 na App Store.

Ideal para: Aquela quantidade absurda de ficheiros PowerPoint e PDF disponibilizada pelos professores que queremos ter organizada em época de exames, até porque – sejamos realistas – não vamos tocar na pasta das “Leituras Opcionais”.

google drive quadrado5. Google Drive

Aqueles de nós que possuem uma conta Gmail sabem que a Google integra desde quase sempre todos os seus serviços com este cliente de correio electrónico, incluindo o seu calendário e plataforma virtual de criação e edição de documentos. O serviço Google Docs – recentemente re-baptizado de Google Drive – possui uma das melhores apps móveis para acompanhar os seus utilizadores na ausência de um computador. Esta aplicação permite visualizar e editar documentos de texto, folhas de cálculo e apresentações que estejam guardadas na drive do utilizador (que totaliza 5GB providenciados pela Google) e tem a vantagem de transpor para a plataforma móvel a principal mais-valia do serviço: a edição conjunta de documentos em tempo real por vários utilizadores em simultâneo. Adicionalmente, permite manter e visualizar os nossos ficheiros offline, apesar de não os permitir editar sem uma ligação activa à internet. Os documentos finais podem ser exportados para formatos compatíveis com todos os principais programas de edição de documentos.

Aplicação universal para iPadiPhone e iPod Touch, para telemóveis e tablets Android e optimizado para Google ChromeMozilla Firefox e Safari. Grátis para todas as plataformas.

Ideal para: Trabalhos de grupo em que todos os membros têm de redigir partes diferentes de um mesmo documento e querem acompanhar o progresso do outro, mas já experienciaram em primeira mão o inferno dos documentos duplicados.

dropbox6. Dropbox

Este serviço já se tornou parte integrante das nossas vidas digitais, representando um repositório online de ficheiros que precisamos de ter disponíveis a qualquer momento. A app móvel permite aceder a todos os nossos ficheiros, e consoante o sistema operativo do dispositivo, fazer upload de ficheiros adicionais (estando esta função limitada a fotografias no iOS, embora possa ser contornada por aplicações como o GoodReader – ver acima – ou por iniciar o processo de exportação na app de origem do ficheiro).

app está disponível para iPadiPhoneiPod TouchAndroid, e tem um equivalente para Windows Mac OS. Grátis para todas as plataformas.

Ideal para: Esvaziar o nosso gadget de material mais antigo que ocupa memória, ou partilhar as fotos do último festival de verão tiradas com o telemóvel para o nosso computador sem recurso a cabos.

30-307. 30/30

O único propósito desta app é ajudar o utilizador a programar tarefas com um tempo limite para serem realizadas, e o seu design é simples e baseia-se em pistas visuais para se tornar evidente. A partir daqui, podemos manobrar a app como nos aprouver, mas descobri que configurar uma tarefa designada “trabalho” com duração de 60 minutos, outra tarefa chamada “intervalo” de 15 minutos e programar o temporizador em loop me permite pousar o smartphone durante uma hora e não ceder à eterna tentação de espreitar o Facebook, abrir as notificações de tweets, responder àquela SMS, simplesmente adiar estas interrupções por um tempo determinado pela app. E falo por experiência, nada é mais gratificante que pensar “trabalhei uma hora seguida sem me deixar distrair e agora vou beber um café, espreitar o telemóvel, esticar as pernas”.

App universal disponível para iPadiPhone e iPod Touch. Grátis na App Store.

Ideal para: dar crédito àquela voz que conhecemos como “consciência” e gerir bem o tempo para trabalhar e para descontrair, principalmente quando estamos sob pressão para aquela entrega de relatório que nos há de levar a um esgotamento nervoso mas que temos de cumprir.

Reuni aqui as que considero as melhores aplicações para o típico estudante. O vosso feedback, dúvidas e sugestões são sempre bem vindos, tanto nos comentários abaixo como via email para [email protected]. Em próximas edições, podem contar com reviews de mais apps e dicas para pôr os nossos gadgets ao serviço.