O Trafaria Praia, que se encontra desativado e está num processo de obras de adaptação, vai ser transformado no Pavilhão de Portugal na 55.ª Bienal de Artes Plásticas de Veneza. A obra de arte é da autoria de Joana Vasconcelos.

Revestir o cacilheiro de azulejos para mostrar Lisboa vista a partir do rio é o objetivo da artista. No interior, Joana Vasconcelos vai optar por uma instalação têxtil de modo a conferir-lhe um “ambiente uterino”, afirma ao jornal Público. Quanto à parte de cima do Trafaria Praia, Miguel Amado, comissário do projeto, e Joana Vasconcelos querem criar um palco para apresentarem conferências e debates com artistas convidados e ainda espetáculos musicais.

O cacilheiro abandonará a capital no início de maio e vai chegar a Veneza no final desse mesmo mês, altura em que se realiza a 55.ª Bienal de Artes Plásticas.