Músicos e fãs prestaram tributo a Whitney Houston, um ano após a sua morte trágica.

Artistas como Dave Grohl e Brandy expressaram a sua admiração e tristeza pela cantora.

O vocalista dos Foo Fighters homenageou Whitney, descrevendo-a como “uma das vocalistas mais icónicas de todos os tempos”.

No caso de Brandy, esta cantora manteve uma relação de proximidade com a diva, após a estreia em dueto no musical da Cinderella, em 1997.

Também o apresentador  dos Grammys LL Cool J apelidou a sua perda como “uma morte na família” e começou a cerimónia com uma oração pela cantora.

De relembrar ainda que, na semana passada, foram anunciados no Museu Madame Tussauds quatro bonecos de cera da cantora durante algumas das fases da sua carreira. Estes serão exibidos  em Nova Iorque, Las Vegas e Washington.

A cantora lendária foi encontrada morta no dia 11 de fevereiro de 2012, na véspera da cerimónia dos prémios Grammy. Whitney faleceu com um ataque cardíaco devido ao consumo prolongado de drogas.