Os GNR escolheram o mês de fevereiro para celebrar mais de três décadas de canções em versão acústica. O Centro Cultural de Belém recebe o grupo portuense no próximo dia 16, a partir das 22h00, um dia depois da banda se apresentar “em casa” no Coliseu do Porto, depois das 21h00.

Não é por acaso que esta celebração dá pelo nome Afectivamente. Os pais de Efectivamente preparam-se para estar mais perto do público do que nunca, visto que o formato adotado para as duas datas aproxima ainda mais o Grupo Novo Rock dos seu fãs.

À típica bateria acústica de Rui Lacerda juntam-se agora o baixo acústico de Jorge Romão, o piano de Tóli César Machado e o violino de Khemelik. Segundo o comunicado de imprensa presente no site do CCB até o próprio Rui Reininho estará muito mais “acústico”.

Nestas manifestações de afeto a banda deverá fazer uma revista dos principais temas dos últimos 30 anos e trará a ambos os palcos nacionais convidados especiais. Maria Antónia Mendes (Mitó) d’A Naifa, Márcia e os Beatbombers vão juntar-se à formação natural do Porto para um concerto que promete ser memorável.

Lembre-se que Mitó e A Naifa já tinham apresentado versões ao vivo de Cerimónias e Sentidos Pêsames, temas dos GNR.

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais e custam entre €15,00 e €25,00 para o Coliseu do Porto e entre os €10,00 e os €27,50 para o CCB.