A campanha We Food Want lança um concurso, financiado pela União Europeia, para estudantes do jornalismo ou ciências da comunicação e jovens jornalistas, entre os 18 e os 26 anos. Este concurso consiste na elaboração de um texto jornalístico entre os 2800 e os 3200 caracteres que debata as questões do presente e do futuro da alimentação à escala global.

Os participantes devem-se seguir um dos seguintes temas: um está relacionado com a Crise Alimentar Global, o outro diz respeito ao tema Mulheres e Agricultura.

Para participar os textos devem ser submetidos até dia 23 de março. Contudo, e antes disso, os concorrentes devem registar-se no site da Food We Want.

A participação terá de obedecer a alguns critérios, nomeadamente: o texto terá ser escrito numa das línguas dos quatro países participantes – Portugal, Reino Unido, Itália e Polónia; cada participante só pode concorrer com um texto e tem de residir num dos quatro países. Para além disso, deve ter em conta os critérios de avaliação como a originalidade, a atualidade, a precisão, a verificabilidade e a clareza.

Em Portugal este desafio foi lançado pelo Oikos, que pretende promover os jovens talentos do jornalismo e alertar para os problemas ambientais e sociais.

Os vencedores, um de cada país, terão direito a um prémio de 3750 euros de apoio para um estágio remunerado ou bolsa de estudo para continuarem os seus estudos na área das Ciências da Comunicação.