O Concurso Nacional de Teatro – Póvoa de Lanhoso 2013 está quase a começar. De 1 de fevereiro a 2 de março, todas as sextas e sábados, nove produções de companhias nacionais disputam um conjunto variado de galardões.

O concurso terá lugar no Theatro Club de Póvoa de Lanhoso, numa organização conjunta da Federação Portuguesa de Teatro (FPTA), do Município de Póvoa de Lanhoso e da Fundação INATEL.

A entrega dos galardões na Cerimónia de Encerramento a 2 de março será antecedida pela apresentação de Gradim à janela da ausência, uma produção da Contacto – Companhia de Água Corrente, espetáculo vencedor do Prémio Ruy de Carvalho, que consagra o melhor espetáculo na edição anterior.

Os espectáculos têm início às 21:45 horas.

Programa:

1 DE FEVEREIRO:

Grupo Mérito Dramático Avintense: Joana a Donzela, de Manuel Ramos Costa

2 DE FEVEREIRO:

ContactoCompanhia de Teatro Água Corrente: Alguém Terá de Morrer, de Luis Francisco Rebello

8 DE FEVEREIRO:

Tin.Bra – Associação Cultural: “Os Malefícios” e um relatório para uma academia, de Anton Tchekov e Kafka

9 DE FEVEREIRO:

Teatro Passagem de Nível: Hamlet e Ofélia, de Carlos Alberto Machado

15 DE FEVEREIRO:

Grupo de Teatro Renascer: De Beren e Lúthien, de Cristiano Sá

16 DE FEVEREIRO:

Teatro Nova Morada: Barraca Deluxe, de Nuno Loureiro

22 DE FEVEREIRO:

Pateo das Galinhas Treatro de Bico: Sangue Jovem, de Peter Asmussen

23 DE FEVEREIRO:

Companhia de Teatro Poucaterra: Sobre a Mesa de Cabeceira, de Rafael Amaral Vergamota e João Ricardo Aguiar

1 DE MARÇO:

Teatro Olimpo: A Ira dos Deuses, de Casimiro Simões

2 DE MARÇO:

Cerimónia de Encerramento

Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente: Gardim à Janela da Ausência, de Manuel Ramos Costa