49 salas de cinema da empresa Castello-Lopes serão encerradas até à próxima quinta-feira, avança a agência Lusa. Desta forma, a empresa anunciou que cerca de oito complexos de cinema serão destituídos, nomeadamente os de Viana do Castelo, São João da Madeira, Covilhã, Leiria, Loures, Seixal, Guia e Ponta Delgada.

Estes complexos localizam-se em centros comerciais do grupo Sonae Sierra, o que se revelou como um dos fatores que levou ao encerramento, segundo um dos responsáveis da administração da empresa, João Paulo Abreu: “Não conseguimos chegar a acordo [com a Sonae Sierra] para dar continuidade à exploração de cinema. Eram condições impossíveis de continuar dada a quebra no setor“.

Outro importante fator desta decisão corresponde à diminuição do número de espectadores. No ano ano passado verificou-se uma quebra de 375 mil espetadores nas salas da Castello-Lopes e em termos financeiros, de 1,7 milhões de euros de receita bruta de bilheteira em relação ao ano de 2011.

Esta medida tem como grande consequência o despedimento de 55 trabalhadores e de outros 20 funcionários com os quais a empresa não renovará contrato.