O filme Argo volta a ganhar o prémio mais importante da noite, juntamente com Modern Family e Downton Abbey que se destacaram como as melhores séries na 19.ª edição dos prémios Screen Actors Guild (SAG) do sindicato de atores dos Estados Unidos, realizada este domingo.

Depois do Globo de Ouro, Argo não para de triunfar, tendo sido, mais uma vez, premiado, desta vez na categoria de Melhor Elenco, nos SAG, outro dos mais importantes prémios desta Award Season.

Com grande surpresa do realizador Ben Affleck, o seu filme consegue bater, mais uma vez, Lincoln, Os Miseráveis e Guia Para Um Final Feliz, os outros grandes nomes também na corrida para os Oscars.

A longa-metragem de Spielberg, Lincoln, arrecada, por seu lado, dois SAG, com Daniel Day-Lewis a vencer o prémio de Melhor Ator e Tommy Lee Jones o de Melhor Ator Secundário.

Jennifer Lawrence, em Guia Para Um Final Feliz, e Anne Hathaway, em Os Miseráveis, já premiadas com o Globo de Ouro, não ficam atrás, vencendo na categoria de Melhor Atriz e Melhor Atriz Secundária, respetivamente.

Quanto às séries televisivas, Modern Family, pela terceira vez consecutiva, conquistou o prémio de Melhor Elenco em Série de Comédia e Downton Abbey o de Melhor Elenco em Série Dramática, batendo séries de grande calibre.

Bryan Cranston, da série Breaking Bad, fez jus à sua personagem e ganhou na categoria de Melhor Ator numa Série Dramática. Claire Danes levou o prémio de Melhor Atriz na mesma categoria, por Homeland.

Sem grandes surpresas Alec Baldwin e Tina Fey foram considerados Melhor Ator e Melhor Atriz em Série de Comédia, ambos pela aclamada série 30 Rock.

Kevin Costner venceu na categoria de Melhor Ator em Telefilme ou Mini Série, por Hatfields & McCoys, e Julianne Moore conquistou o prémio de Melhor Atriz em Telefilme ou Mini Série, por Game Change, onde interpreta Sarah Palin.

Por fim, 007 – Skyfall e Game of Thrones ganharam o prémio para Melhor Elenco de Duplos num Filme e Melhor Elenco de Duplos numa Série Televisiva.