Maarten Heijltjes e Simon Akkaya, designers da Waarmakers, na Holanda, inventaram um saco especial para objetos que ainda podem ter uma segunda vida.

«Goedzak» é um saco especial de lixo que não é lixo. É um saco de plástico para objetos que ainda podem ser utilizados por alguém. A palavra «Goedzak» significa algo como «fazer o bem» e é também «a junção das palavras bem e saco».

A dupla de designers da Waarmakers afirmam que esta «É uma maneira simpática de dar a alguns objetos uma segunda oportunidade e de estimular o desenvolvimento sustentável».

O saco  «Goedzak»  é transparente e pode ser inspecionado e recolhido por qualquer pessoa que pretenda prolongar a vida de um ou de vários objetos no seu interior. «Toda a gente tem coisas que já não valoriza. De vez em quando desfazemo-nos destes objetos, que ainda podem ser úteis a outras pessoas», explicam Maarten Heijltjes e Simon Akkaya.

Maarten-Heijltjes-Simon-Akkaya-Waarmakers
Pode ser qualquer tipo de objetos, desde eletrodomésticos a brinquedos que já não têm com quem brincar, ou até uma coleção de livros que está há décadas no sótão, ou ainda «aquele vaso violeta que a tua cunhada te deu», afirmam os mentores deste projeto.

A ideia é criar uma espécie de  «Freecycle de bairro. O meu objetivo foi desenhar produtos que incentivem as pessoas a agir em benefício dos outros», relata Simon Akkaya.

Segundo o site Dezeen, os designers pretendem trabalhar com a cadeia de lojas de segunda mão Kringloop Het Goed, que recolherá os sacos que permaneceram abandonados nas ruas durante algum tempo.

Waarmakers-Ontwerpers-Maarten-en-Simon