Os portugueses Amor Electro estão de parabéns, tendo sido distinguidos para receber hoje o prémio European Border Breakers 2013, em Groningen, nos Países Baixos, na abertura do festival Eurosonic-Noorderslag.

O prémio European Border Breakers tem como objetivo “promover a circulação além-fronteiras do repertório dos artistas e destacar a enorme diversidade musical europeia”, de modo a incentivar o talento de dez artistas europeus em início de carreira.

Amor Electro juntam-se agora a nomes como Adele, Katie Melua, Damien Rice, Mumford & Sons e Swedish House Mafia, destaques da nova música europeia e distinguidos nos últimos anos com este prémio.

Já premiados com importantes galardões nacionais como os Globos de Ouro (Melhor Canção e Melhor Banda), tendo visto reconhecido o talento revelado pelo seu álbum de estreia, Cai o Carmo e a Trindade, Amor Electro juntam agora este prestigiado prémio internacional à sua carreira em crescimento.

Além dos Amor Electro, também os portugueses Orelha Negra e Frankie Chavez terão participação no festival.

A entrega dos European Border Breakers Awards aos 10 artistas europeus vencedores terá lugar hoje na noite de abertura do festival, num espetáculo televisivo onde consta a atuação de mais de uma centena de novos artistas europeus, debates e conferências para profissionais e público em geral.