Cristina Branco vai lançar um novo álbum, intitulado Alegria, nos últimos dias do mês de fevereiro. O sucessor de Não Há Só Tangos em Paris será, mais uma vez, uma viagem por diversos géneros musicais, contando maioritariamente com temas originais.

A artista de world music terá então novas canções originais neste Alegria, que incluirá uma nova abordagem de três temas de Sérgio Godinho, Joni Mitchell e Chico Buarque. O conceito do álbum é igualmente original: a força de mulheres emblemáticas, românticas, lutadoras, sonhadoras. Miriam, Carolina, Deolinda e Louise são algumas das personagens do universo de Cristina Branco que Alegria nos apresentará.

Os temas originais serão compostos por alguns nomes que já trabalharam com Cristina Branco, por exemplo no último disco, como Pedro da Silva Martins, Manuela de Freitas, Miguel Farias e Jorge Palma, com as sonoridades de Mário Laginha, João Paulo Esteves ou Ricardo Dias, produtor de Alegria. A acompanhá-la estão os músicos Bernardo Couto (guitarra portuguesa), Bernardo Moreira (contrabaixo) e Carlos Manuel Proença (guitarra), bem como o próprio Ricardo Dias (piano e acordeão) e os convidados Mário Delgado (guitarra elétrica) e João Moreira (trompete).