Segundo anuncia a Associated Press, foi no dia de ontem, quarta-feira, que o arquiteto português Eduardo Souto de Moura foi galardoado com o Prémio Wolf.

Homenageado pelos contributos e ideias que impulsionaram e deram melhor imagem à arquitetura portuguesa, Eduardo Souto de Moura receberá das mãos do israelita Shimon Peres o prémio, no próximo mês de maio.

Os vencedores deste prémio são considerados fortes candidatos aos prémios Nobel, uma vez que um em cada três dos distinguidos ao longo de 34 anos nas áreas de química, física e medicina vieram a ser galardoados com aqueles prémios. No caso da arquitetura o prémio maior é o Pritzker, já recebido por Souto Moura em 2011.

Para além do português, sete cientistas da Alemanha, Áustria e EUA também foram premiados e vão dividir cem mil dólares em cada uma das categorias em que a distinção é destinada.

O Prémio Wolf já tinha sido atribuído a outro arquiteto português, Álvaro Siza Vieira, em 2001.