O Geração Morangos está de volta ao Espalha-Factos, nesta rubrica que recorda as histórias das nove temporadas de Morangos com Açúcar. Hoje recordamos a sexta temporada, passada novamente na Escola Secundária D. Sebastião, que sofre uma remodelação com esta nova série. Madalena (Laura Galvão) e Rodrigo (Pedro Rodil) foram o casal protagonista.

Estreada a 22 de setembro de 2008, Morangos com Açúcar VI teve 278 episódios, dos quais 194 foram na série de aulas e 75 na série de Verão. Escrita por nove guionistas no total, as duas séries foram da autoria da Casa da Criação, sendo realizada por Hugo de Sousa, Iva Areias, Luís Justo, Gonçalo Mourão, Paulo Frazão e Telma Meira . A direção de projeto ficou a cargo de Hugo Sousa e a produção foi de Raul Soares (série de aulas) e Teresa Amaral (série de Verão).

httpv://www.youtube.com/watch?v=DwLmUL_L0Ms

Na temporada de aulas, o tema de abertura era Vida Crazy de Rodrigo Leal. Na série de verão, Berg interpretou Tão Louco para dar vida ao genérico da história.

httpv://www.youtube.com/watch?v=TVD2UlkMwvY

Imagem 1

O CASAL PROTAGONISTA

Rodrigo é estudante do 12º ano. É filho único e toda a vida foi muito mimado. Pela primeira vez na sua vida, está a estudar numa escola pública, facto que, de início, não lhe agrada muito. Rodrigo é um pouco arrogante e convencido, achando-se melhor preparado do que os outros colegas só porque veio de uma escola privada. Rodrigo é um rapaz muito ambicioso e com uma grande auto-confiança. O seu desejo de poder vai levá-lo a concorrer à presidência da Associação de Estudantes e vai transformar a competição para o cargo num combate muito picante.

Madalena acabou de passar para o 12º ano. Tem uma vida confortável. gosta de provocar os pais dizendo-lhes que não quer ir para a universidade, mas na verdade pensa em seguir Jornalismo. Madalena não tem papas na língua. Adora estudar, mas também gosta de conhecer pessoas e de festas. Tem uma personalidade forte. Magoa-a que a mãe dê mais importância à carreira do que aos filhos e, por vezes, faz coisas menis boas para chamar á atenção. Madalena é teimosa, obstinada, orgulhosa e não aceita um “não” como resposta. É também um pouco inconstante e nunca se sabe em que estado de humor iremos encontrá-la.

Madalena e Rodrigo vão desenvolver uma relação de amor-ódio. Isto porque a estudante, bonita e inteligente, vai mexer com os nervos de Rodrigo, um rapaz convencido e mimado. Dos atritos vai nascer uma paixão.

Imagem inicio aulas

INICIO DE ANO ATRIBULADO

Dois carros chocam em frente ao colégio. Os condutores saem das viaturas para tratar da papelada, Kiko entra num dos carros e aumenta o volume do rádio. Os alunos entram em euforia e todos dançam ao som da música. De repente ouve-se um grito a dizer para pararem. Todos ficam em silêncio. É Eunice uma das professoras da escola. Nesse instante chega a polícia com a equipa especializada em inactivação de explosivos, pois receberam uma ameaça de bomba.

Afinal não foi detetada nenhuma bomba e todos começam a entrar na Escola. O chefe da polícia recebe a identificação do número do qual recebeu a ameaça de bomba e constatam que é do telemóvel de Manuel. Este vai à procura do telemóvel e Sónia que vinha a falar com Diana, ao vê-lo larga o aparelho. O diretor vê que há uma chamada em curso e apercebe-se que é Diana que estava a falar com Sónia. Manuel fica furioso e decide expulsar Sónia do colégio. Ela fica de rastos.

Imagem 3

ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES x CLUBE DE RÁDIO

A ação desenrola-se, mais uma vez, em Lisboa, e com a Escola Secundária D. Sebastião a albergar as “aulas”. A história arranca com o deflagrar de um conflito entre a Associação de Estudantes e o Clube de Rádio. Dois grupos de alunos irrequietos e combativos liderados pelos nossos protagonistas, Rodrigo e Madalena. Será uma batalha entre duas forças criativas poderosas e que não deixará ninguém indiferente.

Kiko, e Tozé serão também duas personagens bastante conhecidas no colégio. Os dois, em conjunto, têm o projeto de serem famosos e ricos. Com uma vida humorística muito forte, consideram-nos constantemente dois verdadeiros parvos. Contudo, Kiko acha que é simplesmente espirituoso e bom comunicador. Será um bravo locutor da rádio da escola. Tem muitas ideias mas normalmente elas correm mal.

imagem parkour

O DESPORTO E A ARTE

Na escola e fora dela, envolvidas num turbilhão de alegria, intriga e fantasia, veremos todos os alunos do Atelier de Dança e de Música, em ambiente de sons alternativos, coreografias arrojadas, uma classe de Karate, uma equipa feminina de Voleibol, um grupo de praticantes de Parkour, um grupo de praticantes de motocross (que prometem imagens radicais e cheias de adrenalina), os pais e os professores.

Fred, Miguel e Joel são praticantes de parkour. Fred frequenta o 11º ano e é uma maria-rapaz. Dá-se melhor com os rapazes e veste-se como eles. Dá tudo por tudo para mostrar aos seus amigos que as raparigas podem ser tão boas nesta modalidade como os rapazes.

imagem teatro1

O TEATRO E AS FÉRIAS DE VERÃO

Nesta temporada de Verão o Algarve é invadido pelos Morangos com Açúcar. Começa o Verão e os amigos Kiko, Tozé, Amélia, Tomé, Catarina, Joel e Sandra chegam a Portimão para passar as férias. Caminham a pé na berma da estrada, cansados e desejosos de chegar ao destino sugerido por Amélia. Passa por eles um jipe da GNR onde seguem Almeida e Monique, uma rapariga francesa. Almeida comenta que detesta viajantes de mochila às costas. O grupo de amigos junta-se a Gonçalo numa estância turística.

E ninguém vai ficar indiferente ao drama que se vai desenrolar, à sombra de Portimão: um velho teatro está condenado a ser demolido às mãos de um especulador imobiliário sem escrúpulos. Os sonhos e a arte que habitam em segredo aquelas paredes estão prestes a ser arrasados e enterrados para sempre. E as personagens não vão permitir esta injustiça.

Vão todos participar na verdadeira aventura que será salvar este teatro. O prazo é curto mas o Verão é generoso. Há que angariar fundos e mobilizar as pessoas de todas as formas possíveis. Há que participar em provas de surf, torneios de vólei de praia, provas de BTT, concursos de miss praia, organizar festas originais e, no final, um tremendo espectáculo musical. E há que ludibriar, com astúcia e irreverência, forças gananciosas e insensíveis, que não vão ficar de braços cruzados.

Morangos com Açúcar 6

O “MAR IN BAR”

Hélder e Lucas, dois irmãos donos do bar na praia, acabam de mudar o letreiro com o nome do estabelecimento. ‘Mar in Bar’, assim é o nome do novo bar. Hélder está contra, mas Lucas assim o decidiu porque queria fugir ao fisco. Lucas tem o apoio do pai, Gonçalves, que aceita bem a promessa de ter casa cheia na noite de inauguração do bar.

Durante o Verão, Lucas apaixona-se por Joana, uma polícia. Assim que descobre que Joana é agente, Gonçalves segue Ronaldo e apanha os dois em flagrante. Apesar de ter ficado magoado por Joana não lhe ter contado nada, o namorado da jovem ainda tenta defende-la mas Lucas e Gonçalves conseguem capturá-los e leva-los para um armazém. Assim que Gonçalves está prestes a dar um tiro a Joana, uma força especial da polícia entra de rompante e prende pai e filho. Joana sorri, contente por ter concluído a missão.

Imagem teatro

UM FINAL EMOCIONANTE

Elvira e Rosário são duas irmãs que irão tentar acabar com o teatro. Aliadas a Jimmy, planeam explodir o edíficio, acabandocom todo o trabalho que o grupo teve nas férias. Contudo, Jimmy é apanhado na explosão. Ao tentar fazer explodir o teatro, o vilão é apanhado e os enfermeiros não conseguem salvá-lo.

Elvira faz uma chamada e pergunta se o teatro já explodiu. Do outro lado da linha dizem-lhe que não e a mulher recorda que não quer ver ninguém magoado. Entretanto na sala de espectáculos está tudo pronto para a grande estreia de reabertura do teatro. O público já entrou e o grupo começa a actuar.

Assim que Rosário sabe que o marido Almeida está no teatro, fica aflita e resolve interromper o plano. As duas irmãs entram na sala e começam a gritar que existe uma bomba no interior do teatro. O pânico fica instalado até que se escuta um estrondo. Peixoto percebe que foi fora do teatro e pede a Gabriela para continuar o espectáculo. Lá fora e perto do armazém, Jimmy está inanimado, deitado no chão a ser assistido por um enfermeiro. O especialista olha para o colega e abana negativamente a cabeça em sinal de que o jovem vilão não está bem.

httpv://www.youtube.com/watch?v=Q-cfCZjGtlU&feature=player_detailpage

A ÚLTIMA CENA DA TEMPORADA

O espetáculo decorre com normalidade e é um sucesso. No final, os amigos reúnem-se na praia para o último mergulho de verão, como forma de comemorar um verão repleto de sucesso.

Na próxima edição vamos recordar a 7ª temporada de aulas e de verão… não percas, Geração Morangos, no Espalha-Factos!

______________________

Créditos: Plural (fotografias), Morangos5serie (texto adaptado), Revista Morangos com Açúcar (texto adaptado), Morangosonline (vídeo)