Barack Obama também é um fã de Gangnam Style. A música de Psy, um dos grandes êxitos de 2012, conseguiu pôr toda a gente a cantarolar coisas em quase-coreano e inspirou o mundo a originais tentativas coreográficas. O Presidente dos Estados Unidos da América não foi alheio à febre, mas agora vai deixar de dançar – as meninas lá de casa não gostam. 

Foi o próprio Obama que confessou ao rapper sul-coreano que gostava de dar uns passos de dança ao som do Gangnam Style, no entanto teve de deixar de o fazer, perante evidente embaraço da mulher e das filhas. A revelação foi feita pelo artista ao Hollywood Reporter: «Disse-me que é bom a dançar o Gangnam Style, mas que as mulheres lá em casa sentem-se envergonhadas quando ele o faz. Por isso, deixou-o de fazer».

Obama e Psy, duas das vozes mais ouvidas a nível mundial, encontraram-se em dezembro na gala de Natal Christmas in Washington.