A 3ª edição da Mostra de Cinema da América Latinjá está marcada de 13 a 16 de dezembro no Cinema São Jorge. A Mostra vai incluir 10 longas-metragens premiadas em festivais de cinema internacionais e oriundas da Argentina, Brasil, Chile, Cuba, Equador, México, República Dominicana e Venezuela.

A Mostra de Cinema da América Latina começa dia 13 de dezembro com o filme Habanastacion de Ian Pedron, vencedor do Prémio Glauber Rocha no Festival Internacional de Novo Cinema Latino-Americano de Havana e especialmente escolhido para a abertura.

Já no dia 14, a Mostra conta com a presença do realizador chileno Jairo Boisier, que vai apresentar às 19h a sua primeira longa-metragem La Jubilada, premiada no Festival de Belfort em França e exibida no Festival de Roterdão. No mesmo dia será também apresentado Hermano de Marcel Rasquín, o filme escolhido para representar a Venezuela nos Óscares.

A programação do dia 15 leva-nos a viajar por quatro países da América Latina: Bosh: Presidente en La Frontera Imperial da Venezuela, realizado por Réne Fortunato, às 15h;  Juan Y Eva, de Paula Luque, diretamente da Argentina, às 17h; do Brasil podemos ver Hoje de Tata Amaral, às 19h e finalmente a encerrar o dia, às 21h, será exibido Abuelos, o filme do Equador de Carla Valencia Dávila.

No último dia da Mostra serão apresentados os filmes Flordelis, Basta uma palavra para mudar do realizador Marco Antônio Ferraz, Alamar do mexicano Pedro González-Rubio e a longa-metragem de encerramento Verdades verdaderas. La vida de Estela, do argentino Nicolás Gil Lavedra, arrecadou prémios no Festival de Cinema de Viña del Mar (Chile, 2011), no Muscat International Film Festival (2012)e no 26º Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata (Argentina, 2011).

Para além das várias surpresas da programação deste ano, Maria Xavier, programadora da Mostra, informa que é a primeira vez que serão apresentados filmes provenientes da Venezuela,  Equador e República Dominicana.

A Mostra de Cinema da América Latina pretende apresentar a seleção dos melhores filmes do panorama cinematográfico da América Latina contemporânea e proporcionar uma experiência intercultural entre Portugal e a América Latina.

Uma Mostra a não perder no Cinema São Jorge.