No Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, 3 de Dezembro, é inaugurada uma exposição fotográfica destinada a invisuais, no Instituto Politécnico de Leiria (IPL), pela banda The Gift.

Através de um processo designado por soundpainting, utilizam-se “fotografias auto-descritas que, para além das palavras, são acompanhadas de efeitos sonoros e música da própria banda”, diz Josélia Neves, responsável pelo projeto IPL (+) Inclusivo.

Para além da experiência multissensorial, a informação tátil criada pelo IPL permite que “as pessoas cegas possam seguir as fotografias através das pontas dos dedos”, salienta ainda a docente e investigadora.

A exposição inclui um conjunto de 18 fotografias referentes a alguns momentos da elaboração do álbum Explode, editado em 2011, estando a sua inauguração marcada para as 21 horas, na Biblioteca José Saramago, no IPL, onde se encontrarão Sónia Tavares e Nuno Gonçalves, membros da banda.

Este projeto surge numa altura em que o politécnico de Leiria pretende “transformar-se numa instituição cada vez mais inclusiva, capaz de receber e integrar pessoas com necessidades especiais, e de mover mentalidades e potenciar atitudes inclusivas das pessoas que integram a comunidade do Instituto”.