São esta noite entregues os prémios aos vencedores do XIX Festival Caminhos do Cinema Português. O grande vencedor do festival foi A Nossa Forma de Vida, de Pedro Filipe Marques, que conquistou o Grande Prémio do Festival, o Prémio D. Quijote, atribuído pela IFFS – International Federation of Film Societies, e prémio de Melhor Realizador. Os filmes mais premiados, com três galardões cada, são Florbela, de Vicente Alves do Ó, e Vingança de uma Mulher, de Rita Azevedo Gomes. Os prémios serão atribuídos este domingo, às 22 horas, no Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra, numa cerimónia que conta com a apresentação de Fernando Alvim e Filomena Cautela e participação do grupo de Rags da Tuna Académica da Universidade de Coimbra. O Caminhos decorreu durante os dias 9 e 17 de novembro, em Coimbra.

Aqui fica a lista completa de vencedores:

Júri IFSS

Prémio D. Quijote

A Nossa Forma de Vida, de Pedro Filipe Marques

Menção Honrosa

Complexo – Universo Paralelo, de Mário Patrocínio

Júri Oficial Gerais

Grande Prémio do Festival

A Nossa Forma de Vida, de Pedro Filipe Marques

Melhor Longa-Metragem

Florbela, de Vicente Alves do Ó

Melhor Curta-Metragem

Cerro Negro, de João Salaviza

Melhor Animação

Fado do Homem Crescido, de Pedro Brito

Melhor Documentário

Complexo – Universo Paralelo, de Mário Patrocínio

Prémio Revelação

Outro Homem Qualquer, de Luís Soares

Júri Oficial Técnicos

Melhor Ator

Cristóvão Campos, no filme Nylon da Minha Aldeia

Melhor Atriz

Dalila Carmo, no filme Florbela

Melhor Ator Secundário

Dinarte Branco, no filme A Moral Conjugal

Melhor Atriz Secundária

Margarida Carpinteiro, no filme Assim, Assim

Melhor Direção Artística

Pedro Sá, no filme A Vingança de uma Mulher

Melhor Fotografia

Acácio Almeida, no filme A Vingança de uma Mulher

Melhor Guarda-Roupa

Produções TCC, no filme A Vingança de uma Mulher

Melhor Realizador

Pedro Filipe Marques, no filme A Nossa Forma de Vida

Melhor Caraterização

Abigail Machado, no filme Florbela

Melhor Montagem

Raphael Lefévre, no filme A Última vez que vi Macau

Melhor Som

Jaime Barros e Elsa Ferreira, no filme Florbela

Melhor Banda Sonora

André Joaquim, no filme Assim, Assim

Júri Ensaios Visuais

Melhor Ensaio Visual

Do Mundo, de Manuel Guerra

Júri Revista C

Prémio Revista C

Sem Querer, de João Fazenda

Prémio do Público – Chama Amarela

Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus, de Francisco Manso e João Correa

Inês Moreira Santos