José Luís Peixoto esteve 15 dias na Coreia do Norte e conta como é viver num país extremamente fechado ao exterior.

Numa aventura onde chegou a experimentar carne de cão, o escritor José Luís Peixoto visitou a Coreia do Norte, um dos países mais proibidos aos turistas, durante duas semanas. Esta viagem aconteceu graças a uma autorização que adquiriu sobre pretexto das celebrações do centenário do nascimento do líder Kim-Il-Sung.

No seu livro, Dentro do Segredo – Uma Viagem na Coreia do Norte, o escritor conta ao pormenor  a sua experiência, desde as manifestações de massas e a idolatria pelos dirigentes até às experiências gastronómicas.

Fotos inéditas poderão ser encontradas na versão em papel do Diário de Notícias, assim como uma entrevista onde diz que “Mesmo para quem visite a Coreia do Norte com mais liberdade, existe sempre um constrangimento de movimentos, para além de uma exagerada recriação que é feita para os estrangeiros”.