Wilson Teixeira, um dos concorrentes do reality show da TVI Casa dos Segredos 3, foi expulso na madrugada de dia 8 de novembro, quinta-feira, por agredir Hélio,  não aguentando a pressão do jogo.

Foi assim que Wilson, um dos concorrentes mais admirados pelo grande público, pôs fim ao seu percurso na Casa dos Segredos 3. Deixando-se levar por intrigas e provocações iniciadas na noite anterior, o concorrente acabou por agredir violentamente Hélio com uma cabeçada, violando uma das regras do programa que levou à sua expulsão.

Durante a festa “Anjos e Demónios”, os ânimos entre Wilson e Hélio exaltaram-se, dando origem a uma discussão que envolveu os restantes concorrentes. Mas foi quando já se preparavam para dormir, que Wilson cedeu à pressão, para choque dos colegas. Rúben e Tatiana intervieram e seguraram o concorrente, que se preparava para agredir Jean-Mark. Wilson passou o resto da noite no quarto secreto e foi expulso, esta manhã, em directo para o programa da TVI Você na TV, deixando Alexandra e Cláudio desolados com a sua saída.

Tendo sido nomeado na passada terça-feira, dia 6 de novembro, juntamente com Hélio, Wilson já tinha estado nesta situação várias vezes, ficando sempre em vantagem para com os membros da “La Família”.

Wilson reconheceu o seu erro, afirmando a existência de uma “grande pressão psicológica” dentro da casa e que “por natureza, não é uma pessoa violenta”. O jogador admite ter saído de cabeça erguida, sem que o seu segredo “estive um mês em coma” fosse descoberto.

Porém, este não é o primeiro caso de violência dentro da Casa dos Segredos: na primeira edição, em 2010, o concorrente Vítor agrediu Ana Isabel, com quem namorava, deixando-se levar pelos seus ciúmes.