Irá decorrer, até dia 11 de novembro, no Fórum Luís de Camões, a 23.ª edição da Amadora BD, que se vai focar em conteúdo autobiográfico.

O festival de banda desenhada da AmadoraBD tem como tema central o autor enquanto personagem, dedicando-se este ano à autobiografia, no intuito de apresentar um tema mais contemporâneo, sobre identidade e o indivíduo procurando histórias reais, segundo Nelson Dona, diretor da Amadora BD.

Nesta edição, ter-se-á várias obras de autores portugueses e estrangeiros que são protagonista e narrador em simultâneo, como, por exemplo, os norte-americanos Justin Green (com obra inédita em Portugal) e Robert Crumb e os franceses Edmond Boudoin e Fabrice Neaud.

Entre os autores portugueses que fazem parte da exposição central, comissariada por Pedro Moura, contam-se nomes como Paulo Monteiro, vencedor no ano passado do prémio de melhor álbum com O amor infinito que te tenho e outras histórias, Marco Mendes, que editou o livro Diário Rasgado, Pedro Brito, Marcos Farrajota e João Mascarenhas.